Um vídeo publicado nas redes sociais esta semana está chamando a atenção do Brasil, por mostrar um desentendimento entre uma #Jornalista da cidade de Ourinhos, no interior de São Paulo, e um suposto segurança do staff do cantor Wesley Safadão.

Nas imagens, que ganharam a web nesta semana, a jornalista, identificada como Renata Tiburcio, aparece levando um "chega pra lá" de um homem que trabalhava na segurança do evento.

Veiculado nas redes sociais e em sites da região de Ourinhos, o vídeo já tem quase 18 mil visualizações no Facebook, apenas no perfil da jornalista [VIDEO], onde foi postado, e centenas de compartilhamentos.

Publicidade
Publicidade

O show de #Wesley Safadão aconteceu na última quarta-feira (7), durante a 51ª edição da Feira Agropecuária e Industrial de Ourinhos (FAPI), uma das mais famosas da região.

O site Contratempo divulgou uma matéria sobre a suposta #agressão e falou em "desrespeito" por parte de integrantes da equipe de Wesley Safadão. Ainda de acordo com o texto, veiculado na última quinta-feira (8), houve desrespeito à imprensa de Ourinhos.

Acesso negado

De acordo com a reportagem, pouco antes do início do show do cantor, aconteceu uma coletiva de imprensa, que teria sido antecipada sem qualquer aviso prévio. A reportagem afirma que a antecipação acabou prejudicando o atendimento a alguns veículos de comunicação, porque muitos jornalistas tentaram entrar no camarim do cantor para entrevistá-lo e tiveram o acesso negado.

Publicidade

Diante da negativa do cantor, os seguranças foram chamados para evitar que os jornalistas invadissem o camarim de Wesley Safadão. Segundo a jornalista Renata Tiburcio, houve truculência na ação dos seguranças.

A confusão foi filmada com câmeras de celulares e postada no perfil de Renata no Facebook. A profissional de comunicação afirmou ter sido retirada à força do local por uma segurança do sexo feminino.

Ainda conforme informações de Renata, ela foi informada pelo staff que estava atrapalhando uma entrevista do cantor com uma equipe local e um dos seguranças chegou a afirmar que o cantor não precisava da imprensa e que esses profissionais só servem para "atrapalhar e falar mal dos artistas".

No vídeo abaixo é possível ver o momento em que Renata é barrada:

Nas redes sociais, muitas pessoas manifestaram apoio a Renata, condenando a atitude dos seguranças. "O próprio artista já representa a escória da arte brasileira, se é que se pode chamar isso de arte. Safado ou não, o tal do Wesley precisa pedir desculpas públicas pela truculência de seu staff ou pela sua incompetência em contratar profissionais de quinta categoria, como sua música", afirmou um internauta.

No entanto, muitas pessoas deram razão à equipe do cantor. "Como visto no vídeo não houve agressão, os seguranças pediram várias vezes para se retirar mas quem não teve há educação foi a jornalista de não saber ouvir um não", disse outra internauta, em defesa de Safadão.

Assessoria do cantor nega acusações

Em nota encaminhada à redação da Blasting News, a assessoria de Safadão negou as acusações, assim como a realização de qualquer tipo de coletiva de imprensa. O que aconteceu, na verdade, foi a realização de entrevistas exclusivas, previamente agendadas pela assessoria do evento.

O conteúdo da nota também revela que não houve qualquer tipo de credenciamento de Renata Tiburcio junto à assessoria da festa e reforça que não aconteceu qualquer contato entre ela e a equipe do cantor. "Tal postura ocorreu com seguranças da festa, tanto que estão identificados", finalizou a nota.