Serginho deu muitas felicidades aos brasileiros. Ele foi um dos principais integrantes do time de ouro do Brasil do voleibol masculino, que venceu as Olimpíadas de Atenas, na Grécia, no ano de 2004, e também do Rio de Janeiro, no ano passado. Ao lançar sua biografia, no entanto, Serginho mostrou um outro lado. No livro “Degrau por degrau – a trajetória de Serginho, de Pirituba ao Olimpo”, o ex-integrante do time do técnico Bernardinho fala de disputas esportivas, do lado pessoal e também de polêmicas.

Uma delas envolve a relação entre os dirigentes da Confederação Brasileira de Vôlei, a CBV, e a Rede Globo de Televisão, principal patrocinadora do esporte no Brasil.

Publicidade
Publicidade

Ao falar dessa relação, Serginho revela uma revolta envolvendo um apresentador da televisão brasileira.

Serginho diz que foi a programa do Faustão obrigado: 'Me chamaram de louco'

O episódio polêmico teria ocorrido em 2004, quando o time masculino de vôlei ganhou a medalha de ouro em Atenas. Serginho lembra que estava há muito tempo longe dos seus familiares, mas que foi obrigado por dirigentes do vôlei a estar no 'Programa do Faustão'. A atração da Rede Globo de Televisão é uma das de maior audiência da telinha. Fausto Silva leva várias celebridades para seu dominical e quase sempre o resultado é bastante positivo. No entanto, Serginho não estava nada a vontade em ser obrigado a ir ao produto. Ele diz que queria ficar com a família e que aquilo foi bastante desagradável. Serginho revela que queria estar ao lado da família e dos amigos e não ao lado de um apresentador da Globo.

Publicidade

Ex-atleta do vôlei arruma briga para não ir a programa de Fausto Silva

O relato continua. Segundo Serginho, ele arrumou uma briga com a CBV e também com os clubes, já que é a Globo quem transmite as partidas esportivas. Ele revela que não queria ir perder o seu domingo apenas para dar moral à Globo e Fausto e que, por isso, não teve jeito, acabou brigando com várias pessoas. Mesmo assim, Serginho foi vencido. Ele foi levado praticamente arrastado para ficar ao lado de Faustão. Em seguida, ele detona a atitude e Fausto. "Fiquei com muita raiva", disse, revelando se sentir pressionado por questões de audiência. A biografia do atleta tem a assinatura de Daniel Botoletto.

Serginho lembrou o episódio recentemente, como mostra o site RD1 Audiência em matéria publicada nesta sexta-feira (29). Em conversa com o programa 'Pânico', da Rádio Jovem Pan de São Paulo, o ex-atleta disse que realmente foi levado forçado à atração. Que climão, hein? #Faustao