O Brasil perdeu nesse fim de semana uma das suas grandes vozes. Morreu aos 25 anos a atriz, cantora, pintora e ex-#Miss Luiza Lorellay. Ela estava morando na Zona Sul do Rio de Janeiro, de onde acabou caindo da sacada de um apartamento. A informação foi dada com destaque pelo site da revista Quem neste sábado, 3. Natural de Cachoeiras de Macacu, a modelo estava morando em um ponto nobre da cidade maravilhosa. A informação dada pela família é que ela teria sido encontrada morta, após cair de seu apartamento. A morte teria ocorrido ao meio-dia. A família nega que tenha ocorrido um suicídio.

Família reclama de caixão fechado em enterro de miss

Luiza ficou conhecida por ter sido vice-campeã do Miss Rio de Janeiro no ano de 2011.

Publicidade
Publicidade

Ela chegou a concorrer ao mesmo concurso um ano depois e também a fazer parte do 'Casa Bonita', reality show exibido pelo Multishow. A jovem disse que seus pais nasceram em Angola, na África, e que vieram para o Brasil bem novos, ao lado dos irmãos dela. Luiza já nasceu no Brasil e reclamava do fato de que não tinha conhecido os avós, que morreram em Angola. A fama da jovem acabou reverberando para todo o mundo.

Amiga revela que ex-miss era feliz e nega depressão

Uma amiga de Luiza conversou com o site da Revista Quem e falou sobre a triste perda. Ela revelou que, assim que ficou sabendo da morte da amiga já ouviu também boatos de que ela teria cometido o suicídio. No entanto, essa amiga diz que isso não faria sentido, já que a famosa sempre foi uma pessoas do bem, alto astral e que não pensaria em uma coisa tão forte como essa.

Publicidade

Ela ainda revelou que a poeta nunca teve depressão.

Detalhes sobre a despedida de famosa

Segundo a família, a jovem não teria cometido mesmo o ato contra a própria vida. Em um comunicado, parentes revelaram que ela apenas molhava as plantas, quando caiu de costas da sacada. Dias antes, a celebridade usou as redes sociais para reclamar de uma insônia. Os familiares ainda reclamaram do fato da exigência do caixão da falecida não poder ter sido aberto durante a despedida dela.

Veja abaixo uma foto que mostra a atriz que acabou falecendo no Rio de Janeiro:

Serviço Importante: o Centro de Valorização da Vida (CVV) atende pessoas com pensamentos suicidas em todo o território nacional. O atendimento é gratuito e pode ser feito através do telefone 141. Famílias também podem entrar em contato com a instituição.

Na sua opinião, como esse tipo de situação poderia ser evitada? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo. #modelo