Publicidade
Publicidade

Nas últimas semanas não se fala em outra coisa nas redes sociais a não ser na surra dada por Ritinha (Isis Valverde) e Joyce (Maria Fernanda Cândido) em #Irene (Débora Falabella). Após descobrir a traição do marido, #Eugênio (Dan Stulbach), Joyce decide de uma vez por todas pedir o divórcio. Eugênio tenta convencê-la a mudar de ideia, mas a socialite garante que não voltará atrás.

Desde o princípio, em ‘’A Força do Querer [VIDEO]’’, da Rede Globo, o plano de Irene era se aproximar de Joyce e Eugênio, manipulando-os como peças de um jogo de xadrez. Após o flagrante da esposa, Eugênio mostrou-se nada solícito com a amante, chegando a pedir para que ela não o procurasse.

Publicidade

Porém, Irene, com toda sua ardilosidade, fez o papel de vítima, fazendo Eugênio acreditar que ela não teve culpa por todo o transtorno.

Nos capítulos que irão ao ar nas próximas semanas, o advogado voltará a se aproximar de Irene, visitando-a em seu apartamento para desabafar sobre sua situação com Joyce. A megera se fará de compreensiva, dando conselhos sobre como agir com a esposa, agora ex-esposa.

Diante de toda a resistência de Joyce, Eugênio começará a se aproximar ainda mais de Irene, que o envolverá, como fez desde o início de seu plano para acabar com seu casamento.

Eugênio tomará atitude surpreendente

Em conversa com Irene, Eugênio chegará a dizer que Joyce está irredutível e que sua vida precisa seguir, enchendo a vilã de esperança. A aproximação dos dois irá persistir, serão visitas, jantares, até que, em uma dessas ocasiões, Eugênio verá a ex-esposa jantando com um antigo namorado.

Publicidade

O advogado ficará tomado por ciúme e, para a alegria de Irene, fará a proposta de assumir o romance dos dois, deixando amigos e familiares revoltados.

Reação do público

O núcleo que envolve o triângulo amoroso entre Joyce, Eugênio e Irene tem movimentado as redes sociais. O plano minimamente detalhado formulado por Irene causou revolta em parte dos telespectadores. Muitos se perguntam até onde vai o grau de ingenuidade de Joyce e Eugênio na história. A discussão envolve também a definição de culpa: Quem seria culpado? Ou quem seria mais culpado?

A sonoridade entre as mulheres tem falado mais alto. O fato de se colocarem no lugar uma da outra faz com que tomem partido da personagem Joyce, condenando a atitude da vilã Irene, que se passou por amiga, ganhando a confiança da esposa de Eugênio, para posteriormente traí-la.

Com a reviravolta do divórcio e a atitude de Eugênio em assumir o romance com Irene, parece se consolidar os planos da vilã. Qual será o desfecho das personagens? Joyce perdoará o marido e reatará seu casamento ou Irene irá realizar seu grande desejo e se casar com Eugênio? #A Força do Querer