Um mal entendido colocará Zeca (Marco Pigossi) atrás das grades na novela ‘’A Força do Querer’’, da #Globo. O amado de Jeiza (Paolla Oliveira) será envolvido em uma armação e, para a polícia, passará a ser visto como um dos membros ligados ao tráfico de drogas. As informações são do jornalista Léo Dias, do jornal carioca O Dia.

De acordo com a publicação, a cena com a prisão de Zeca deve ir ao ar por volta do capítulo 116. Tudo começa com uma selfie antiga tirada pelo caminheiro no aquário de Belém, no Pará. Na ocasião, Zeca queria tirar uma foto de Ritinha (Ísis Valverde) como sereia.

O problema é que, junto com a imagem da jovem, ele também registrará a imagem de um traficante.

Publicidade
Publicidade

Será este bandido que dirá, para a polícia, que Zeca também faz parte do grupo dos traficantes. "Ele o apontará como cúmplice para proteger outro (traficante)", conta a autora Glória Perez.

A prisão ocorrerá por agentes da Polícia Federal, que verificarão que existe um mandado de prisão contra Zeca quando ele está prestes a fazer um embarque. "Mas ele ficará preso por pouco tempo", garante a autora da novela ‘’#A Força do Querer’’.

Informações de bastidores revelam que a declaração do traficante que delatou Zeca pode ter sido influenciada por Bibi (Juliana Paes), que nunca escondeu o seu desejo de se vingar de Jeiza. Esta não é a primeira vez que Zeca vai para a prisão. No passado, ele também acabou indo para a cela ao tentar atirar em Ritinha e Ruy (Fiuk) juntos.

Ao flagrar a dupla, ele disparou contra o casal, mas o tiro saiu pela culatra e ele acertou um barqueiro sem querer.

Publicidade

Além de ter que dormir na delegacia, foi obrigado a vender o caminhão, sua ferramenta de trabalho, para pagar a indenização necessária para a pessoa que machucou.

Zeca conhece Almerinda, a mãe biológica

O antigo sonho de Zeca de conhecer a mãe que o abandonou aos 2 anos de idade está prestes a se realizar. Sem saber do parentesco próximo, Zeca convidará Almerinda (Fafá de Belém) para cantar no ônibus-balada que acaba de inaugurar. A artista adora a ideia e faz uma bela apresentação, com direito a bis e muita animação.

O problema é que Abel (Tonico Pereira), assim que se depara com a voz da cantora, terá quase certeza que a moça é, na verdade, a mãe biológica de Zeca. Ele comentará sobre o assunto com Nazaré (Luci Pereira) e decidirá investigar o passado de Almerinda para comprovar se suas desconfianças são verdadeiras.

Abel também relembrará com rancor que a mãe de Zeca o abandonou porque decidiu iniciar uma vida nova e seguir a carreira artística no Amazonas e que só existem duas fotos daquela época. Uma, com o rosto completamente riscado por Abel, e outra em posse de Zeca. A fotografia antiga é peça crucial para Abel desvendar este mistério do passado. #Novelas