Simplesmente acabou com a possibilidade e ter cliques. Mas pode enviar.

A disseminação da internet em geral, e das redes sociais, em especial, aumentou um bocado as possibilidades de julgamentos apressados e expandiu enormemente o campo de atuação e o alcance dos fofoqueiros. Na madrugada desta quinta (13) de junho, #Anitta curtiu em #Los Angeles, a famosa capital da indústria do entretenimento audiovisual, uma balada com algumas amigas, entre as quais estava a atriz e produtora Ludmila Dayer, nascida no Brasil e naturalizada estadunidense.

Criatura interativa que é, Anitta resolveu fazer uma live (transmissão ao vivo) da diversão para compartilhar com os fãs sua alegria.

Publicidade
Publicidade

Foi muito mal interpretada por alguns internautas que acharam que a famosa funkeira estava alegre demais e questionaram se ela estaria sob o efeito de #drogas. Ela, porém, respondendo às acusações, afirmou que não só não usa drogas como nem sequer havia bebido, sua agitação foi movida à base de água e entusiasmo natural mesmo.

Ainda segundo a resposta de Anitta, ela é alegre da maneira que se viu nas imagens e não acha que alguém precise estar sob o efeito de drogas para poder se sentir alegre e se divertir ela, pelo menos, não precisa dessas coisas para vibrar ao lado de amigas e se entusiasmar com música. Ela acrescentou que a pessoa que se casar com ela vai ver essa alegria dela desde o momento em que acordar até a hora em que for dormir. A única razão, esclareceu, para não continuar mais tempo dançando na balada, onde foram tocados incontestáveis sucessos da música pop sucessos, como, por exemplo, a música "Wild Thoughts", da diva Rihanna, foi o fato de que as pernas já não lhe obedeciam mais às ordens devido ao esforço que, amis cedo, ela já tinha feito ginástica na academia.

Publicidade

A cantora, porém, abriu o jogo com os fãs e admitiu que seu entusiasmo não deixava de ter sido ampliado por um aditivo artificial. A cantora disse que há muito tempo que não comia cheesecake e que o reencontro com a iguaria feita de queijo, certamente tinha contribuído para a felicidade transbordante demonstrada na balada.

A famosa explicou que, depois de comer cheesecake, mesmo que o mundo esteja caindo, ela não liga. O alimento contribuiu, portanto, um pouco para ela estar com o ânimo bem para cima, mas isso, argumentou a diva, apenas intensificou à disposição naturalmente alegre de seu espírito.

A verdade é que, para maior parte dos fãs de Anitta e de suas exibições musicais, não deve ser nada difícil acreditar que ela é elétrica a maior parte do tempo e que sua alegria natural não precisa ser complementada por produtos ilícitos.

Vídeo: