É muito triste dar a notícia de que uma #atriz que fez bastante sucesso em várias emissoras brasileiras, fazendo parte da vida de muita gente, morreu e que não irá mais brilhar nas telinhas.

A atriz Maria Estela, uma das estrelas da TV Tupi faleceu no último dia 6. Mas a informação foi confirmada pela família dela nesta quarta-feira (12), data em que foi celebrada uma missa em memória dela, em São Paulo.

A atriz, que estava com 75 anos de idade, ficou cerca de um mês no hospital internada e estava em tratamento de um mieloma múltiplo, que é um câncer que afeta originalmente a medula óssea.

O Mieloma múltiplo se caracteriza pelo aumento do número de plasmócitos, um tipo de célula que produz imunoglobulina, proteína que participa de nosso sistema de defesa, há mais de quatro anos.

Publicidade
Publicidade

Ela foi vítima de uma infecção generalizada e não resistiu. A atriz deixa um filho, Yvan Mesquita Filho, de seu casamento com o ator Yvan Mesquita, falecido em 2011.

O velório da atriz aconteceu na quarta-feira (12), e foi realizado na Paróquia Nossa Senhora do Carmo da Aclimação, em São Paulo. Os internautas ficaram muito triste com o falecimento da atriz que encantou o país com a sua atuação e eles mandaram vários recados de apoio aos familiares e também de um adeus a Maria Estela. "Triste pela #Morte da estrela das novelas do SBT #MariaEstela; Que descance em paz!", "Essas duas juntas foram um feliz encontro da TV: Maria Estela e Elaine Cristina , as donas de Vende-se um Véu de Noiva. Saudades"; "Muito triste a morte da atriz Maria Estela; Fez ótimos personagens no SBT como a Marcelina em Pícara e a Tia Cora em Vende-se um Véu"; "SBT já pode reprisar Véuzão em homenagem a Maria Estela vdd", escreveram alguns internautas.

Publicidade

Maria Estela

Maria Estela Rivera (Borborema, 13 de abril de 1942 - São Paulo, 6 de julho de 2017) foi uma atriz, radioatriz, apresentadora e garota-propaganda brasileira. Entre 1960 e 1970, auge da carreira, a atriz participou nas produções "O morro dos ventos uivantes" (1968), "As pupilas do senhor reitor (1970) e Mulheres de areia (1973), O Direito de Nascer (2001), Marisol (2002), Esmeralda (2004), Pé na Jaca (2006), Vende-se um Véu de Noiva (2009). Seu último trabalho foi em 2010, em Passione, de Silvio de Abreu. Em 1998, participou na novela juvenil "Chiquititas". A atriz tinha passagens por praticamente todos os canais de televisão, como Record TV e SBT. Ela também teve carreira na década de 1960 na extinta TV Excelsior. #Doença