Publicidade
Publicidade

A vida dos famosos é mesmo uma surpresa atrás da outra. E não é porque a pessoa é uma celebridade, cantor de sucesso e reverenciado por muitas mulheres que não esteja correndo o risco de se apaixonar perdidamente por alguém, certo?

Ao que parece, foi isso o que aconteceu com #Eduardo Costa, cantor que esteve em turnê pelo Brasil recentemente com o tema “Cabaré”. No ano passado, 2016, o famoso iniciou um namoro com uma bailarina que trabalha para o cantor Leonardo e os dois ficaram juntos durante mais de um ano – sempre postando fotos em momentos românticos e lugares paradisíacos. O amor entre os dois brilhava.

Brilhava tanto que isso conseguiu convencer Eduardo Costa a presentear a namorada, Victoria Villarim, com nada mais nada menos que um dos carros mais cobiçados e desejados tantos pelos famosos quanto por quem não é: uma #BMW no valor de R$ 600 mil. No dia do presente, o cantor fez questão de fazer um vídeo da felicidade de sua namorada ao receber o presente, ‘’de coração’’, do seu amado.

Publicidade

Acompanhe ao vídeo que registra o momento da entrega do possante – com um pouco de humor:

Mas nem sempre tudo ocorre as mil maravilhas, e o amor de Eduardo e Victoria acabou. Os dois decidiram se separar e, inclusive, a dançarina pediu para o próprio Leonardo evitar que ela apareça nos ensaios ou em momentos em que o seu ex-namorado possa estar presente. Que bafo.

Detalhe: se foi dado não lhe pertence mais, certo? Portanto, a BMW de mais de meio milhão de reais dada pelo cantor à bailarina ainda permanece sobre o domínio da moça.

Já nas redes sociais, a notícia foi tomada com bastante humor e sarcasmo, não pelo fato da separação do casal, que para muitos é algo normal, nem sempre dar certo um #Relacionamento, bola para frente. No entanto, a ironia e as brincadeiras acontecem mais pelo fato do presente luxuoso dado pelo cantor a sua ex-namorada.

Publicidade

Isso está rendendo.

Um pouco antes, Eduardo Costa também já havia virado notícia pelo fato de ter feito uma brincadeira com um amigo negro. Na oportunidade, o cantor o chamou de alguns apelidos, como “mussum”, “criolo” e “tiziu”. Isso não foi recebido muito bem pelo grande público e por parte dos fãs de Eduardo Costa, que passaram a criticar o famoso e a chamá-lo de racista.

O cantor disse que isso é um absurdo e que antigamente as pessoas podiam brincar com sinceridade com os seus amigos e não haviam tantas críticas e moralismos. No entanto, de acordo com o famoso, hoje está cada vez mais difícil ter uma amizade saudável com alguém de cor de pele diferente.