As cantoras Simone e Simaria formam uma das duplas mais conhecida do país. Elas conseguiram fazer grande sucesso no mundo do sertanejo, que até então era tomado apenas por homens. As cantoras estiveram nessa semana no 'Conversa com Bial', programa apresentado por Pedro Bial na Rede Globo de Televisão. Quem vê as duas artistas sorrindo e brincando, não imagina o que elas vivem há anos. O pai das cantoras acabou falecendo de maneira inesperada e as cantoras não tinham dinheiro para fazer um enterro justo para ele. Por isso, elas tiveram que enterrá-lo como indigente, mas uma enxurrada marcaria para sempre a vida das duas. O cemitério acabou sendo destruído e o corpo do seu pai desapareceu.

Publicidade
Publicidade

'Queremos achar o corpo do nosso pai', dizem Simone e Simaria ao relembrar o drama

As cantoras contaram que o homem acabou sendo enterrado como uma espécie de indigente diante das condições da época. Simaria lembrou da chuva que moveu os túmulos do cemitério e disse que, desde então, está complicado achar o corpo dele. Isso porque a água levou muitas covas e, por isso, teria que se exumar todos os corpos, fazendo exames de DNA com os parentes vivos. Para que isso ocorra, todas as famílias necessitam aceitar o procedimento. Simaria contou que tinha onze anos, quando o pai faleceu e que ambas irmãs eram "loucas por ele".

Dupla de irmãs sertanejas diz que fará tudo para encontrar corpo do pai falecido

A cantora ainda disse que teve muitos pensamentos e sonhos com o pai após a morte.

Publicidade

Ela diz que chegava, inclusive, a vê-lo deitado ao seu lado na cama. Por isso, acabou fazendo uma promessa. #Simone e Simaria garantiram que quando fizessem sucesso fariam tudo para encontrar o corpo do homem que elas tanto admiram, não importando a quantia que isso custe. Por isso, elas falaram a respeito do assunto, pois talvez assim se consiga ter uma informação a respeito do cadáver do homem.

Simone e Simaria chegaram a trabalhar no garimpo: 'ele queria sempre o melhor para nós'

Em outro momento, a dupla lembrou da vida difícil que contaram com poucos recursos. Segundo as cantoras, elas chegaram até mesmo a trabalhar no garimpo, pois dali acreditavam que conseguiriam tirar um sustento melhor para a família. O homem faleceu há 22 anos e, de acordo com as artistas, tudo aconteceu de maneira inesperada. "Éramos apaixonadas por ele", disseram as cantoras ao falarem sobre a perda triste que tiveram em toda a sua vida.

Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo. #Luto #Famosos