A #Rede Globo de Televisão é um dos maiores canais do país. A empresa da família Marinho é conhecida por fazer novelas e séries de grande competência e também por dar destaque a grandes personalidades da mídia. Um deles é a atriz Tássia Camargo. A veterana, que participou de tramas como 'Tieta', saiu do canal e, desde então, tem se rebelado por conta de suas posições políticas. Aliada do Partido dos Trabalhadores (PT), #Tássia Camargo participou de um vídeo em que critica ferozmente a emissora, no blog 'O Cafezinho'. Ela falou sobre o filme 'Polícia Federal - A Lei é para todos' e insinuou que era bastante estranho o canal ter participação em um filme sobre política.

Publicidade
Publicidade

Tássia Camargo faz teoria da conspiração contra Globo e incentiva invasão da emissora

A atriz então começou a questionar como o filme teria sido financiado e insinuou uma teoria da conspiração envolvendo a maior empresa do país. O filme estreia no dia 7 de setembro e tem muitos atores globais. Segundo Tássia Camargo, a produção teria recebido o incentivo de R$ 14 milhões vindos do exterior para ser rodado. Em seguida, ela diz que os produtores e cineastas saberiam da proveniência da quantia, que a atriz insinua não ser lícita. " De onde veio esse dinheiro? Eu tenho certeza que dos Estados Unidos com o apoio total da TV Globo, que a gente tem que derrubar", diz a atriz. Em seguida, Tássia Camargo ainda revela que há a necessidade de "invadir" da emissora carioca.

Tássia Camargo questiona condenação à prisão de Lula e fala em 'perseguição' na Lava-Jato

Tássia questiona como foi feita a prestação de contas do filme e a que ponto ele estaria ligado à condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT).

Publicidade

Segundo Camargo, ela não é contra a operação Lava-Jato, mas questiona como a operação, comandada em segunda instância pelo juiz federal Sérgio Moro, acaba atingindo mais os nomes vinculados ao PT. Ela se pergunta se a investigação seria para acabar com a legenda que já elegeu dois presidentes no Brasil.

Sérgio Moro condena Lula a mais de 9 anos de prisão

Nesta quarta-feira (12), Lula [VIDEO] foi condenado a mais de 9 anos de prisão. Para Sérgio Moro, o ex-presidente teria cometido a chamada corrupção passiva em acordos com a empreiteira OAS. O político nega, mas para Moro a prova cabal de seus atos corruptos é o Tríplex no Guarujá, no litoral de São Paulo. Apesar da condenação, Lula segue em liberdade e vai poder recorrer dessa forma à condenação do famoso magistrado.