Na última quarta-feira, 12, o Brasil foi dormir com uma notícia que abalou o meio político: #Lula foi condenado a pagar 9 anos e meio de cadeia por ter cometido crime relacionado à lavagem de dinheiro e corrupção passiva na compra de um tríplex no Guarujá, litoral paulista. Além da prisão, o juiz Sérgio Moro, no Paraná, também decretou que o petista deve pagar uma multa. Essa foi a notícia mais comentada naquela noite. Aproveitando o ‘ensejo’, #Alexandre Frota, que tem um faro incrível para encontrar polêmicas, teria tomado uma suposta decisão de ligar para #Wagner Moura, também ator e defensor de partidos de esquerda no Brasil.

Frota teria feito isso para ‘zombar’ do colega, no entanto, de acordo com rumores, ele recebeu uma resposta um tanto desagradável, por telefone.

Publicidade
Publicidade

O ex-ator pornô publicou uma suposta conversa com Moura, em sua rede social, em que ele aparece contando para o artista que o principal nome da esquerda política no Brasil foi condenado a pagar alguns anos de cadeia e também a ‘devolver’ parte do dinheiro que teria roubado dos brasileiros. Ao que parece, Wagner Moura não recebeu com bons olhos a brincadeira de Alexandre e mandou ele tomar naquele lugar.

“Vou ligar para o Wagner, tá chamando... ‘Alô, é Wagner?’, ‘Isso’, ‘É... você tá em Los Angeles?’, ‘Tô sim, quem tá falando?’ ‘Quem tá falando é o Alexandre Frota’... ‘Deixa eu te perguntar um negócio: tá sabendo que o Lula foi condenado a nove anos e meio de cadeia?”, pergunta Frota, na suposta ligação a Wagner Moura. Sem entrar em muito assunto e nem dar um bom dia, boa tarde ou boa noite, o suposto Wagner Moura foi direto ao assunto e em uma frase curta e grossa mandou o ex-ator pornô tomar naquele lugar, categoricamente.

Publicidade

Lula diz que não vai desistir de ser candidato à presidente da República

Quando ficou sabendo da notícia da condenação do juiz Sergio Moro, o Partido dos Trabalhadores logo formalizou uma reunião e uma declaração pública para comentar o caso. O ex-presidente Lula foi convidado para comentar também. Na entrevista, Lula disse que não vai baixar a guarda e confirmou que a partir de agora a sua vontade de se tornar candidato à presidente da República ficou ainda mais evidente.

Lula disse que estará, através de seus advogados, recorrendo até as últimas instâncias da justiça brasileira para provar a sua inocência. Detalhe: no início da entrevista, o petista contou que seus advogados ligaram para ele para informar sobre a decisão de Moro, no entanto, de acordo com Lula, ele pediu para que aquele assunto não fosse debatido naquele momento, pois estava assistindo ao clássico entre Corinthians e Palmeiras.