Em um momento no qual o Brasil passa pelo seu pior cenário político e econômico, com o quadro da recessão e do desemprego reinando em todo o território nacional, tal crise sem precedentes parece não afetar nem um pouco sequer alguns profissionais, os quais representam diversos segmentos de #Trabalho e atuação, como, por exemplo, o jornalista da Rede Globo de televisão, Evaristo Costa.

O rapaz que trabalha desde o ano de 2004 como âncora do "Jornal Hoje", apresentado por volta do horário do almoço, resolveu de modo muito inesperado, pedir o seu desligamento da emissora carioca pertencente à família Marinho.

Conforme informações veiculadas por Flávio Ricco, #Jornalista e colunista que se dedica a abordar a vida pessoal e profissional das personalidades, a decisão por parte do próprio Evaristo é algo totalmente irrevogável e não existe a mínima possibilidade de que o apresentador do telejornal repense sobre a sua decisão de ir embora da Globo de uma vez por todas.

Publicidade
Publicidade

Evaristo Costa está usufruindo de uma "folga" temporária da apresentação do Jornal Hoje, desde o dia 19 de julho, quarta-feira e, nesse meio tempo, está sendo substituído pelo conhecido colega César Tralli.

Por meio de informações obtidas dos amigos mais próximos a Costa, ele, após o seu desligamento definitivo da #Rede Globo, deverá fixar residência em alguma localidade fora do Brasil ainda não anunciada, juntamente com a sua família direta, que é composta da esposa e mais duas filhas do casal.

Conforme os mesmos amigos citados acima, o jornalista, que ainda pertence ao quadro de funcionários da Globo, tem o objetivo de ficar por um longo tempo no exterior; sendo que, no mínimo por todo o ano de 2018, o moço ficará afastado por completo de qualquer atividade relacionada com a televisão.

Quanto à substituição de Evaristo na TV, fala-se muito no nome do também jornalista Rodrigo Bocardi, mas é uma situação que precisa obrigatoriamente ser melhor analisada, uma vez que Costa possui contrato de trabalho válido até o fim do mês de setembro, o que significa que ele poderá apresentar mais algumas edições do Jornal Hoje e também de quadros do "Fantástico", que vai ao ar aos domingos à noite.

Publicidade

Por sua vez, a Rede Globo, depois que foi sondada, não confirmou o assunto em questão; entretanto, provavelmente ocorrerá na semana que vem uma reunião especial entre os diretores da Globo e Evaristo, no sentido de fazer com que o âncora desista de sair da emissora.

Evaristo Costa surpreende e levanta da bancada do 'Jornal Hohe'