Na noite desta terça-feira (11), o reality show gastronômico #Masterchef Brasil chegou ao seu 100º episódio.

Na primeira prova da noite, os participantes fizeram uma visita à uma feira cultural e gastronômica, na qual provaram receitas de pratos típicos da Síria, Congo, Nigéria e Haiti, preparados por uma comunidade de refugiados. Depois, receberam o desafio de preparar, em grupos, um menu brasileiro com inspiração nas culinárias dos países citados.

Mirian ficou na liderança do time azul, que contava ainda com Vitor B., Victor V., e Deborah [VIDEO]. Já o grupo vermelho, ficou sob o comando de Michele, e contava com Fabrizio, Leonardo e Válter.

Publicidade
Publicidade

Ambas as equipes tiveram 1h40min para preparar um prato principal e uma sobremesa, que mais tarde seriam julgados em 3 etapas: o voto dos jurados, os votos dos chefs convidados que prepararam as receitas típicas demonstradas no início do episódio, e o voto de 40 refugiados. A equipe azul venceu a prova, garantindo o mezanino para Mirian, Vitor B., Victor V. e Deborah.

Em comemoração ao 100º episódio do programa, os candidatos à eliminação Leonardo, Válter, Fabrizio e Michele receberam a tarefa de preparar um bolo, com camadas, recheio e cobertura, em 1h45. No mezanino, os competidores se divertiam com os balões de gás hélio.

Depois de 30 minutos, quando os bolos de seus colegas já estavam no forno, Fabrizio percebeu que tinha esquecido de colocar gemas em sua massa e precisou refazer sua massa do zero.

Publicidade

Isso pareceu desestabilizar o participante, que mesmo assim surpreendeu os colegas de mezanino e os espectadores ao conseguir recuperar o tempo perdido e entregar o bolo que, segundo o jurado Henrique Fogaça, foi o mais bonito da prova.

Mas o que conta mesmo no Masterchef Brasil é o sabor. Leonardo preparou um bolo inspirado em um cappuccino, que segundo Paola, tinha um sabor infantil de baunilha com chocolate. Valter, que já declarou não ter nenhuma identificação com a confeitaria, entregou um bolo de morangos com creme patissière, que apesar de não ter boa apresentação, foi escolhido como o melhor da prova pelos jurados. Michele também utilizou morangos em sua receita, e incorporou leite de coco ao creme patissière, o que garantiu a ela a salvação da eliminação da noite.

A disputa final ficou entre Leonardo e Fabrizio.

Publicidade

Paola deu o veredicto:

''Os dois bolos estão secos. No do Leonardo faltou um pouco de sabor de café. Já o bolo do Fabrizio ficou muito compacto, além de seco. A cobertura está gordurosa, com sabor de brigadeiro. É um bolo bonito, mas o pão de ló do Leonardo ficou melhor.''

Fabrizio deu adeus a cozinha do reality show, mas afirmou estar feliz, e que a experiência o tornou muito mais confiante.

Os espectadores do programa foram convidados a postar seus comentários, memes e felicitações à equipe do programa com a hashtag #MasterChef100.

Confira abaixo alguns dos melhores tweets sobre o 100º episódio do Masterchef Brasil:

#Band #Famosos