O canal fechado de televisão #Discovery Channel promoveu um evento curioso neste domingo (23). A emissora decidiu colocar o campeão norte-americano de #Natação Michael #Phelps em paralelo com um grande tubarão-branco, para nada mais, nada menos do que uma corrida que desafia a capacidade humana contra a animal.

O canal foi muito além dessa simples pergunta quem reina na água? Usou seus recursos para que o mistério fosse finalmente solucionado.

A disputa de 100 metros em mar aberto foi realizada em Cape Town, na África do Sul, e colocou um dos mais rápidos predadores aquáticos contra o maior nadador olímpico da atualidade.

Publicidade
Publicidade

Enquanto Michael consegue nadar cerca de 9 km/h, um tubarão-branco atinge, em média, 40 km/h. Para que essa desvantagem fosse menor, o nadador usou uma vestimenta especial para a ocasião, que contava até mesmo com uma cauda de tubarão feita de monovin.

Shark Week (Semana do Tubarão)

A grande disputa foi feita por conta do evento televisivo conhecido como "Shark Week" (‘’Semana do Tubarão’’), que vem sendo realizado desde 1998 pela Discovery e é transmitido em 72 países. Os telespectadores podem assistir 19 documentários a respeito das novas descobertas sobre esses incríveis animais.

A disputa foi transmitida com o nome "Phelps vs Shark: Great Gold vs. Great White", algo como ‘’Phelps vs. Tubarão: O Grande Ouro vs. O Grande Branco’’.

A linha de chegada

Apesar da opinião do público, que se mostrava incrédulo quanto à possibilidade da vitória de Phelps, o nadador perdeu para o animal por apenas 2 segundos.

Publicidade

A emissora conseguiu provar quem se mantém poderoso dentro da água, e mostrou que Michael possui um talento inegável para o esporte.

Afinal cumpriu o desafio com grandes desvantagem quanto à velocidade, mas mesmo assim mostrou-se à altura do oponente. Veja o vídeo da disputa:

As vitórias e desafios de Phelps

O nadador pode não ter vencido a disputa contra o poderoso dos mares, mas já leva em sua bagagem de 32 anos uma quantia de 39 títulos mundiais e 23 medalhas de ouro, sendo 8 delas conquistadas nos jogos olímpicos de 2008 em Beijing. O campeão também é conhecido pela sua comovente história de vida, marcada por uma depressão [VIDEO], que, segundo ele, caracterizava o "fundo do poço" de sua jornada.

Em diversas entrevistas fez questão de lembrar o que o fez desistir de tirar a própria vida. Durante toda a prova, uma equipe de nadadores ficou ao redor dos dois, para garantir que o tubarão não o atacasse Michael Phelps, que mostrou que nesse desafio, além de talento, era necessária muita coragem.