Padre Fábio de Melo é um consagrado apóstolo religioso e muito admirado em seu ofício, levando uma mensagem de fé, vida e esperança por onde passa.

Recentemente, Fábio de Melo viveu uma situação deprimente ao se deparar com a perda de um familiar muito próximo, a irmã Aparecida Vitória da Silva, de 59 anos de idade.

A irmã do #Padre Fábio de Melo cometeu o #Suicídio no mês de setembro de 2016. A notícia surpreendeu os familiares e chocou o Brasil por se tratar de uma pessoa próxima a um sacerdote religioso.

O acontecimento abalou a família de Fábio de Melo, deixando uma imensa dor e saudade.

Cida era uma mulher amada e vivia cercada de familiares, filhos e netos, porém, sofria de #depressão profunda.

Publicidade
Publicidade

A família relata que Aparecida buscou ajuda em bons psiquiatras, recebia o auxílio terapêutico e medicamentoso para levantar o ânimo, mas, ao que parece, tudo foi em vão. Os resultados foram de mal a pior de acordo com os profissionais que prestavam assistência ao caso.

Padre Fábio de Melo comenta o caso em programa de TV

No último dia 25 de julho, o triste episódio foi mais uma vez lembrado, pois Fábio de Melo fez uma participação no programa humorístico 'The Noite'v comandado pelo apresentador Danilo Gentili, no SBT. No decorrer da entrevista, Fábio fala sobre o disco “Clarear”, lançado no mesmo mês em que sua irmã Cida cometeu suicídio, um projeto tão esperado, porém, marcado com dor e um sentimento de despedida.

Decidido a prestar uma homenagem à irmã e a toda a família, Fábio deu continuidade ao trabalho de divulgação do disco e encontrou forças para seguir adiante.

Publicidade

Apresentações musicais envolvendo Fábio de Melo e outros artistas foram canceladas como um gesto singelo de respeito e amizade ao cantor.

Sintomas da depressão

Muitos estudiosos e psiquiatras caracterizam a doença como uma sensação contínua de tristeza e desapego à vida, o que pode acarretar grande variedade de sintomas físicos e emocionais, sendo a insônia a característica mais forte e comum dos sintomas, seguido pela baixa autoestima.

A depressão possui duas fases, a moderada e a profunda, sendo a segunda considerada irreversível pela medicina.

O indivíduo chega até a fase da depressão profunda após submeter-se a tratamentos intensos e prolongados e não obter o resultado satisfatório, resultando em tremendo sentimento de angústia e desespero, acompanhado de constantes pensamentos suicidas.

Compartilhe este artigo com os amigos nas redes sociais!