Considerada a maior e mais bem aceita trama já produzida pela RecordTV, '#A Escrava Isaura' gravada entre 2004 e 2005 está em sua quinta exibição no Brasil.

Com um elenco de peso, a novela de época retrata o drama da distinta escrava de pele clara, Isaura. Propriedade da família Almeida, cujo o único herdeiro é o cruel, Leôncio, um homem sem escrúpulos e obcecado pela escrava, a bela jovem de apenas 20 anos passa no decorrer da trama por inúmeras provações, que a fazem sofrer as maiores maldades arquitetadas pelo vilão, que não suporta a ideia de ser desprezado e não 'possuir' Isaura.

A novela se aproxima do fim e guarda seu maior suspense.

Publicidade
Publicidade

Na noite desta última segunda-feira (3), a morte de Leôncio agitou a trama e concedeu à RecordTV excelentes índices de audiência.

O capítulo que retratou o sequestro de Isaura e seu drama no cativeiro junto a Leôncio culminou com a morte do vilão, assassinado com um golpe de faca no coração. Isaura, que não presenciou a cena devido a um desmaio, acordou quando o mesmo já se encontrava caído e morto ao seu lado. Assustada, a moça de alma nobre e bom coração, em uma tentativa desesperada de ainda salvar seu malfeitor, segura a arma do crime na tentativa de tirá-la do peito de Leôncio. No momento em que a ex-escrava tenta puxar a faca, o oficial da polícia chega ao cativeiro e presencia Isaura com a mão na arma do crime, interpretando a cena de forma errada e fazendo de Isaura a principal suspeita de ter cometido o crime.

Publicidade

Inocente, Isaura mais uma vez sofrerá as consequências de um erro jamais cometido. O suspense, que somente será esclarecido no último capítulo da trama, que vai ao ar ainda este mês, conta com inúmeros suspeitos, que teriam motivos de sobra para desejar a morte do vilão.

Exibida outras quatro vezes, os assassinos de Leôncio atendiam por nomes diferentes. Na exibição original, que foi ao ar entre 2004 e 2005, o responsável pela morte do vilão foi o ex-capataz da fazenda Almeida, Chico. Na primeira reprise da trama, em 2006, pela RecordTV, a assassina de Leôncio foi a invejosa Rosa. A terceira reprise de 'A Escrava Isaura' aconteceu em 2007 e fez de Belchior o responsável por dar cabo à vida de Leôncio. No ano de 2014, a trama foi comprada pelo canal Foz Life e trouxe Malvina como a grande assassina de seu infiel ex-marido.

Para este ano, espera-se que a emissora do bispo Edir Macedo surpreenda o público, escolhendo um novo assassino para Leôncio Almeida. #quem matou Leôncio #A Escrava Isaura último capítulo