Publicidade
Publicidade

A Rede Globo de Televisã [VIDEO]o entrou em uma nova "polêmica", a partir do último domingo (23), durante a exibição da sua revista eletrônica semanal, o programa '#Fantástico", um dos principais programas de entretenimento que é transmitido no horário nobre da televisão brasileira. A maior emissora do país, pertencente à família do jornalista falecido Roberto Marinho, foi duramente criticada após ter apresentado ao vivo uma mensagem publicada por meio da rede sociais Twitter.

Vale ressaltar que o programa dominical 'Fantástico", da #TV Globo, está sendo apresentado pelos âncoras Poliana Abritta e Evaristo Costa, este último recentemente deixou de fazer parte da bancada de um dos principais telejornais da grade de programas da emissora carioca; o 'Jornal Hoje'.

Publicidade

Mensagem 'forjada'

Segundo a reportagem apresentada na TV Globo sobre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, uma internauta teria sido enfática e proferido críticas contundentes contra o presidente dos Estados Unidos da América, através de uma mensagem eletrônica por meio de uma rede social. Ainda durante a apresentação do programa dominical da emissora carioca, a mensagem teria sido levada ao ar, cuja usuária da rede social do Twitter @Amanda, teria afirmado que o presidente dos Estados Unidos, Donaldo Trump, seria "um embuste de primeira", além de ter indagado "como alguém votaria em alguém assim".

Entretanto, ao se verificar na rede social da internauta, não teria sido encontrada nenhuma mensagem que fosse atribuída a ela. Amanda Rose, que é norte-americana, também afirmou categoricamente que não teria publicado nenhuma mensagem eletrônica em que se referia criticamente ao presidente dos Estados Unidos, ou seja, não teria escrito nada do que foi divulgado em um dos principais programas da televisão brasileira, cuja mensagem exibida teria sido "forjada".

Publicidade

Após assistir a reportagem inverídica da Rede Globo, conforme mostrado por internautas, a americana Amanda Rose negou, de forma veemente, que teria escrito a mensagem eletrônica e foi contundente ao afirmar que "mesmo não sendo uma fã de Donald Trump, eles (produção do Fantástico) teriam errado definitivamente nesse tweet". A moça que respondeu na língua inglesa, disse ainda em outro tweet, que "são coisas que nunca imaginou que estaria envolvida em um escândalo de falsas notícias com defensores de Donald Trump, através de um programa popular de abrangência nacional da televisão brasileira."

Com a repercussão negativa do acontecimento, a TV Globo acabou sendo acusada de ter inventado a tal mensagem eletrônica, o que acarretou numa enxurrada de críticas nas rede sociais. A assessoria do programa 'Fantástico' não se manifestou até o momento. #Redes Sociais