O apresentador Marcelo Rezende [VIDEO] está passando pelo "maior desafio de sua vida". Com um câncer de pâncreas, o comunicador do 'Cidade Alerta', da Record TV, está fora da telinha desde maio, quando em entrevista ao 'Domingo Espetacular' revelou a grave enfermidade. O jornalista, desde então, tem recebido o apoio das mais diferentes camadas da sociedade e, felizmente, esse "abraço" tem partido também de canais concorrentes, como o #SBT. É o que mostra o jornalista Flávio Ricco, do UOL, em matéria publicada nesta quinta-feira (13). Ele deu em primeira mão detalhes sobre um ato que promete comover muita gente.

Marcelo Rezende receberá bela homenagem em 'A Praça é Nossa', do SBT

O comunicador da Record TV, segundo Flávio Ricco, será homenageado por um dos maiores programas da emissora de Silvio Santos.

Publicidade
Publicidade

A homenagem ocorrerá, em breve, no humorístico 'A Praça é Nossa'. O programa comandado por Carlos Alberto de Nóbrega terá a ação do humorista Alexandre Perpetone, que fará uma imitação de #Marcelo Rezende, utilizando, inclusive, os bordões mais famosos do jornalista que ficou marcado por sua carreira policial. A homenagem já foi gravada e irá ao ar na noite desta quinta-feira em 'A Praça é Nossa'.

Marcelo Rezende, um jornalista brilhante, que teve a carreira marcada pelo humor aliado à informação

Nascido em uma família pobre, o apresentador acabou ganhando destaque por fazer o 'Linha Direta', na Globo. A fama mesmo, no entanto, aconteceria em sua chega à Record TV. No 'Cidade Alerta', ele uniu o bom humor às informações difíceis dadas pelo noticiário, quase sempre munidas de "muito sangue".

Publicidade

Com bordões como "corta para mim", ele ficou famoso e chegou a dar trabalho para a concorrência. Na época da novela 'Os Dez Mandamentos', por exemplo, a celebridade chegava a ter picos de liderança, vencendo, inclusive, a toda poderosa Rede Globo.

Marcelo Rezende enfrenta câncer e diz que não vai morrer: 'Falaram que eu ia ser enterrado rápido'

A homenagem a Marcelo Rezende acontece na semana em que ele voltou às redes sociais. O comunicador da Record TV gravou um vídeo negando dados de que, por exemplo, faleceria e garantiu que não estava morrendo. O jornalista surpreendeu revelando que estava tendo grande melhora e que - se bobeasse - poderia até voltar no segundo semestre. Ele ainda objetou a informação de que teria sido enterrado rápido devido à grande magreza apresentada nas últimas semanas.