#Dudu Camargo continua no centro de todas as polêmicas. Dessa vez, detonou um colega de profissão dentro da própria emissora sem nenhum motivo aparente. Tal como informa o site 'Notícias ao Minuto', citando informações do jornalista e colunista Flávio Ricco, o jovem jornalista deixou claro que quer comandar a atração de Celso Portiolli, o 'Domingo Legal', afirmando que o programa deixou de ser atraente. Além disso, Dudu garantiu que Celso não está conseguindo conquistar mais o público brasileiro, baseando-se nos índices de audiência do programa.

Foi há pouco mais de duas semanas que Dudu Camargo, apresentador da atração jornalista 'Primeiro Impacto', resolveu ser destaque nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade

Depois de ter tido uma saia justa com a jovem atriz Maisa, o jornalista foi filmado pelo programa 'Pânico na Band' em uma balada bêbado apalpando algumas mulheres, algo que fez, segundo rumores, muitos dos diretores do #SBT questionarem se ele tinha condições de ser jornalista profissional dentro da emissora.

A verdade é que, além de continuar no programa matinal, tudo indica que Silvio Santos quer mesmo que o jovem, de apenas 19 anos de idade, tenha uma primeira oportunidade na área do entretenimento. Se Silvio Santo confia no trabalho de Dudu Camargo, a verdade é que o mesmo não acontece com grande parte dos profissionais nos bastidores do SBT.

Dudu Camargo detona Celso Portiolli

Esse descontentamento de bastidores poderá ter aumentado ainda mais depois que Dudu Camargo, sem motivo aparente, decidiu avaliar e detonar o trabalho do experiente apresentador Celso Portiolli.

Publicidade

O jovem ignorou a ética de nunca criticar o trabalho dos seus colegas de emissora e quis mostrar que um dos seus grandes objetivos é 'tomar' a atração de Celso brevemente, como garante o site 'Notícias ao Minuto'.

Nas redes sociais, e como já tinha acontecido nas polêmicas com Maisa e com a noite que teve com o 'Pânico na Band', muitos internautas estão criticando e atacando a postura e o profissionalismo do jovem, afirmando que a sua credibilidade há muito tempo foi perdida, não existindo qualquer tipo de condições para continuar no comando de um programa jornalístico no SBT, correndo o risco de diminuir a qualidade de todo o jornalismo que é praticado na emissora por grandes profissionais.