#Chester Beennington, vocalista do #linkin park que cometeu suicídio na última quinta-feira (20), deixou um peso enorme sob o ombro de seus fãs, amigos e família. Pai de seis filhos, o músico decidiu tirar a própria vida [VIDEO] em um ato desesperado de dor e sofrimento. A última opção do cantor, que não foi compreendida nem mesmo por seus colegas de profissão, deixou os que o conhecia sem chão e sofrendo bastante nos últimos dias.

A #Morte do vocalista do Linkin Park deixou um vazio na música, segundo os próprios fãs. Muitos acreditam que Chester já passava por dificuldades para lidar com seus problemas psicológicos há muitos anos e usava a música para externar seus sentimentos [VIDEO].

Publicidade
Publicidade

Com o lançamento do álbum ‘’One Step Closer’’, o cantor aproveitou o espaço na mídia para dar entrevistas a alguns jornais e rádios. Após o suicídio de Chester, caiu na internet um vídeo dele falando em uma rádio norte-americana sobre o que tem enfrentado durante os longo anos de sua carreira.

O Linkin Park é uma das bandas mais curtidas do Facebook, com milhões de visualizações no YouTube e inúmeros álbuns vendidos. O grupo ficou eternizado em canções como ‘’Numb’’, ‘’Faint’’ e ‘’Somewhere I Belong’’.

Estupro e vícios prejudicaram vocalista do Linkin Park

No bate-papo na rádio, o vocalista da banda norte-americana disse que sofria com depressão e como lutou para bloquear pensamentos ruins. Muitos fãs ficaram chocados ao ouvir e assistir à entrevista e estão entendendo isso como um pedido de ajuda do cantor.

Publicidade

Chester já havia dito em outro momento, no ano de 2008, que foi estuprado e espancado dos 7 aos 13 anos de idade por um homem mais velho. A experiência traumática o marcou para sempre. O abuso de álcool e drogas também acabou prejudicou sua vida pessoal e quase destruiu sua carreira. Além disso, problemas com a voz por um esforço repetitivo ao cantar quase o fizeram parar com a banda.

Vídeo emocionante de Chester falando sobre problemas de sua vida viraliza

Assista abaixo o vídeo da entrevista de Chester Bennington [VIDEO], do Linkin Park, antes de cometer suicídio em sua casa. É possível ler a tradução com legendas clicando no botão de configurações de vídeo do YouTube.

Serviço

Se você se sente desolado, sem saída, deprimido e precisando de ajuda, não deixe de entrar em contato com o Centro de Valorização da Vida (CVV). Uma equipe de profissionais qualificados e bons ouvintes está lá para lhe ajudar. O suicídio não deve uma opção e buscar ajuda é o primeiro passo para uma vida melhor.

A ligação tem caráter sigiloso e o programa do CVV tem dado bons resultados. Para entrar em contato, telefone gratuitamente para 141. Há também unidades regionais do Centro de Valorização da Vida nas principais capitais. Acesse o site do CVV e informe-se mais.