Mesmo após todas as confusões e ser consagrada como a grande vencedora do Big Brother Brasil #2017, Emilly Araújo continua causando nas redes sociais. A última polêmica da gaúcha foi no Villa Mix Festival, evento gigante que reuniu diversos cantores nacionais e internacionais no último final de semana em Goiânia. Um vídeo que viralizou na internet mostra a ex-participante do reality chamando o público que estava na pista do festival de pobres.

O registro foi feito por uma das pessoas que estava sendo ofendida pela estudante. Nele, é possível perceber que um amigo da ex-BBB ainda tentou contê-la e pedia para que ela parasse de gritar.

Publicidade
Publicidade

Cheia de ironias, a jovem continuou gritando, ofendendo o público e exaltando sua atual condição financeira. Ao UOL, #Emilly disse que chamar as pessoas de pobres não é ofensa e que ela tem muito orgulho de sua origem. Mas essa justificativa não colou para os usuários das redes sociais que teceram diversas críticas a atitude da milionária.

No Twitter, uma usuária lembrou que enquanto a gêmea estava no reality global ela havia contado aos colegas que se sentia ofendida pela família de seus ex-namorados por ser pobre. Outro internauta não conseguiu esconder a frustração com a ex-BBB e disse ter ficado muito triste com a atitude dela.

Defesa

O youtuber com o maior número de seguidores no Brasil, Whindersson Nunes, foi ao Twitter defender a jovem. Para ele, Emilly não iria ofender as pessoas dessa maneira se não tivesse sido provocada.

Publicidade

Nunes ainda disse que existem pessoas más no mundo, que fazem de tudo para provocar as outras e quando conseguem filmam e publicam na internet apenas o trecho que destrói a imagem do famoso. Ele relembrou o caso em que a cantora Anitta foi atingida por uma lata durante um show e um vídeo circulou na web mostrando apenas o momento em que ela reclamava da agressão, fazendo com que as pessoas acreditassem que ela estava xingando o público sem um motivo aparente.

Depois de perceber toda a repercussão do caso, Emilly explicou melhor o acontecido e, em nota, afirmou que estava discutindo com apenas uma menina da pista que antes de filmar o que ela disse, a xingou e ofendeu sua família. De acordo com ela, a responsável por gravar o vídeo havia chamado a ex-participante do reality de golpista e afirmou que ela estava em Goiânia para dar o golpe da barriga em algum homem rico da cidade. Nervosa com a afirmação, a ex-BBB proferiu as ofensas e solicitou aos seguranças que tirasse a garota de lá. Dessa forma, tudo não passou de mais um vídeo descontextualizado na internet.