Considerado um dos maiores nomes da televisão brasileira dos últimos tempos, o jornalista Marcelo Rezende [VIDEO], de 65 anos, enfrenta desde maio o momento mais delicado de sua vida.

Diagnosticado com um câncer em estado avançado no pâncreas e no fígado, um dos principais apresentadores da RecordTV se encontra afastados de suas atividades na emissora da igreja Universal e vem sendo substituído pelo jornalista Luiz Bacci na apresentação do telejornal 'Cidade Alerta'.

O diagnóstico, que foi dado após o apresentador se submeter a uma bateria de exames realizados sob a supervisão de um endocrinologista, foi confirmada após os mesmos serem analisados por diversos oncologistas famosos na capital paulista.

Publicidade
Publicidade

Iniciando instantaneamente o tratamento quimioterápico em um hospital particular de São Paulo, o jornalista do 'Cidade Alerta' optou por não dar continuidade ao tratamento, suspendendo definitivamente a quimioterapia de sua rotina e aderindo a um tratamento menos agressivo, baseado em uma alimentação regrada e isenta de açúcares e carboidratos.

Indo totalmente contra as indicações dos especialistas, Marcelo surpreendeu o Brasil ao abandonar o tratamento tido como o mais eficiente contra os mais diferentes tipos de câncer. Sendo amplamente criticado e até mesmo considerado covarde para algumas pessoas, Marcelo, que de acordo com a medicina conta com apenas 1% de chance de se curar do câncer que o acomete, segundo o endocrinologista, doutor Ney de Albuquerque, precisaria de um verdadeiro milagre para se salvar.

Publicidade

Indo a público através das redes sociais para justificar sua decisão de abandonar o tratamento de quimioterapia, Marcelo Rezende utilizou seu perfil no Instagram para compartilhar um vídeo no qual ele explica o que o motivou a deixar o tratamento quimioterápico.

Com um aspecto muito diferente e abatido, Marcelo declarou: ''Algo que me deixou muito triste e magoado foi ver algumas pessoas me chamando de covarde, após eu ter desistido da medicina tradicional. Mas agora eu pergunto a vocês: como eu posso ser covarde, se tudo o que faço e todos os passos que eu dou vem sendo orientados pelo meu Pai? Eu já aproveito para reforçar e dizer uma coisa: parar com a quimioterapia foi a melhor decisão que eu poderia ter tomado. E eu não a tomei porque eu quis. Tomei porque foi o Deus todo poderoso que me mandou'.' Buscando se mostrar mais disposto, o jornalista ainda frisou: ''Estou eu aqui, mostrando a todos vocês que estou bem e que a minha cura já está perto.'' #Marcelo Rezende câncer #doença Marcelo Rezende #morte Marcelo Rezende