Publicidade
Publicidade

A história de #Irene (Débora Falabella) e Eugênio (Dan Stulback) vai tomar rumos ainda mais complicados. Segundo o colunista, a vilã Irene vai engravidar de Eugênio, mas após perder o bebê irá permanecer com uma falsa gravidez para não perder o amante.

Irene foi a responsável pela separação de Eugênio e sua esposa, após se tornar amante do marido de Joyce (Maria Fernanda Cândido). A trama é recheada de mentiras e golpes que Irene usa para conseguir o que deseja.

E não termina por aí! Irene vai ser capaz até mesmo de forjar o nascimento do bebê com a intenção de chantagear o pai da falsa criança.

A #Novela A Força do Querer [VIDEO] é transmitida pela emissora Globo, no horário da Novela das 9 e está no ar desde o dia 3 de abril de 2017.

Publicidade

Além dos atores citados acima, a novela conta com a participação de Juliana Paes, Paolla Oliveira, Emilio Dantas, Rodrigo Lombardi, Isis Valverde e Fiuk.

Caso de novela

A autora da novela, Glória Perez, decidiu reescrever a história dos personagens depois de tomar conhecimento de um caso que aconteceu na vida real de um ex-casal da cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

A história real virou manchete nos últimos dias, após a família do pai da criança descobrir a farsa e denunciar para a imprensa.

Entenda o caso real

Pâmela Ribeiro Serveli, de 24 anos inventou uma falsa gravidez por não aceitar o término do namoro com Victor Sedassare, também de 24 anos.

A ex-namorada de Victor agora ficou conhecida como “a falsa grávida de Ribeirão Preto” e a história não termina por aí. A moça não só inventou a gravidez, como também o nascimento e até a festa de 1 ano da suposta filha, que recebia o nome de Laura.

Publicidade

O pai da criança inventada e também a sua família sempre acharam tudo muito estranho, pois nunca conseguiram ver o bebê, apenas por fotos, as quais eles não sabem como Pâmela teria tirado e quem era o bebê que aparecia nas imagens.

A mentira foi esclarecida após Pâmela sequestrar uma criança da mesma idade que a sua filha imaginária para levá–la a festa de 1 ano que tinha planejado.

A informação divulgada é que a falsa grávida teria gasto R$ 2,8 mil reais com a festa, que chegou a ocorrer, mas foi interrompida quando a mãe de uma criança que Pâmela teria tentado sequestrar apareceu na festa e fez as acusações contra a criminosa.

Pâmela foi internada em uma clinica psiquiátrica para tratar os transtornos psicológicos que a levaram a ter essas atitudes absurdas e cometer os crimes. #A Força do Querer