Publicidade
Publicidade

A família de Michael #Schumacher apareceu de bom humor, para desfrutar dos Campeonatos do mundo de equitação, na Suíça, na quinta-feira, dia 10 de agosto. A esposa da ex- estrela de #Fórmula 1, Corinna, colocou um sorriso no rosto, enquanto assistia o evento ao lado de seu filho, Mick, de 18 anos, também ele piloto de carros, como seu pai. A esposa de Schumacher, de 48 anos, fez assim uma rara aparição, desde o infeliz acidente do seu marido. Apesar de os dois parecerem de bons espíritos, com sorrisos, Corinna foi vista várias vezes se aconchegando no filho, procurando algum conforto, depois do rumo que sua vida tomou.

Apesar de estar sofrendo anos de desgosto, depois que seu marido ficou gravemente ferido, em um acidente de esqui, Corinna conseguiu esboçar alguns sorrisos, o que deixou os fãs de Schumacher mais esperançosos.

Publicidade

A loira aparece raras vezes no espaço público e seu ar mais sorridente acabou surpreendendo.

O sete vezes campeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher, ficou em coma medicamente induzido, durante meses, após ter batido com a cabeça em uma pedra, em uma queda de esqui, nos Alpes franceses, em dezembro de 2013. Seis meses depois, ele acordou do coma, e mais tarde foi levado para casa, onde está rodeado do carinho de sua família, e de uma equipe de 15 especialistas, tomando conta dele, em Genebra, na Suíça.

Ele estava esquiando com seu filho Mick quando esse trágico acidente aconteceu. Os médicos tentaram de tudo para remover coágulos sanguíneos de seu cérebro, mas alguns ficaram, porque estavam já muito aprofundados em seu cérebro e se revelaram impossíveis de alcançar. Os médicos descreveram sua condição como "extremamente grave", após sua admissão no Hospital de Grenoble, onde passou por duas cirurgias, para salvar sua vida.

Publicidade

Schumacher acordou de seu coma, mas permanece imóvel e não pode falar, de acordo com as poucas informações que se conhecem. O presidente da Federação Internacional Automóvel (FIA), Jean Todt, disse em dezembro passado que Schumacher continuava "lutando". Ross Brawn, diretor-gerente de automobilismo da F1, acrescentou: "Continuamos rezando todos os dias para se recuperar ... é lento, mas sempre há esperança".

Tirando as raras declarações de alguns amigos próximos, não se sabe muito sobre a atual condição de Schumacher, quase quatro anos após seu acidente. Sua agente, Sabine Khem, referiu que a saúde do ex-campeoníssimo "não é uma questão pública" e, por essa razão, eles vão mantendo algum secretismo sobre isso.

A esposa nunca comentou o acidente e tanto ela como seu filho mais velho são vistos raras vezes, e quase sempre em eventos esportivos, de corridas. Dessa vez, foi uma corrida de cavalos, mas o jovem Mick parece querer seguir as pisadas de seu famoso pai e já vai ganhando algumas provas de automobilismo.

Publicidade

Veja as fotos de Corinna e Mick: