A novela 'A Força do Querer' [VIDEO], exibida no horário nobre da Globo, já se firmou como um grande sucesso. Entre as histórias mostradas na trama, está a de Bibi (Juliana Paes), que acaba se envolvendo no mundo do crime em nome do amor pelo seu marido Rubinho (Emilio Dantas).

Nas últimas semanas, a novela tem mostrado um lado 'romântico' do tráfico de drogas, onde a mulher apaixonada abre mão de seus princípios e chega a colocar até a vida do próprio filho em risco para ajudar o marido fugitivo, que está escondido em um dos morro, montando uma refinaria para o chefão do tráfico da região.

Amor bandido

Em nome desta paixão, Bibi já foi capaz de causar um incêndio na churrascaria onde o marido trabalhava, a fim de destruir provas contra ele, já transportou munição para a quadrilha de traficantes, negociou fuzis e se encantou pelo dinheiro fácil.

Publicidade
Publicidade

Em uma das cenas que mais chamou a atenção, a atriz Juliana Paes aparece com um fuzil nas mãos. Naquele momento, ela se sente poderosa e pede, inclusive, para que Rubinho tire uma foto para registrar o momento. Já em outra ocasião, ele pede para atirar com uma pistola e, no primeiro disparo, acerta em cheio o alvo, chamando a atenção dos traficantes locais.

Bibi se esbalda nas festas no morro, todas 'open bar' e 'open food', onde os traficantes e seus comparsas ostentam armas, jóias e são desejados pelas mulheres, tanto do morro como do 'asfalto', chamadas de 'Maria Fuzil'.

Ciumenta, a mulher de Rubinho não deixa nenhuma novinha se aproximar do marido e, em uma destas festas protagonizou um barraco, arrancando os cabelos de sua suposta rival.

Violência

É preciso saber separar a ficção da realidade, contudo, até onde a arte imita a vida e a vida imita a arte? A crescente violência no Rio de Janeiro, com o #crime organizado travando guerras pelo comando do tráfico, com as dezenas de mortes de policiais nos oito primeiros meses de 2017, e tantos outros inocentes, vítimas de bala perdida, como o caso do bebê Arthur, baleado ainda no útero da mãe, deixa uma pergunta no ar: a novela estaria romantizando uma realidade cruel e perversa, fazendo dos bandidos os mocinhos?

Opinião

De acordo com o jornalista e colunista do site R7, a novela não faz apologia ao crime e ao tráfico, mas apenas mostra a realidade, conta uma história baseada em fatos reais.

Publicidade

Segundo ele, no cinema, séries e em outros meios de comunicação essa realidade também já foi exposta, sem a intenção de incentivar a criminalidade. Será?

Foto de Juliana Paes em trouxinhas de maconha

Vêm circulando na internet fotos de trouxinhas de maconha, em que a foto Bibi Perigosa faz parte da embalagem. Segundo o portal de informações online 'Notícias ao Minuto', os traficantes do Complexo do Salgueiro, localizado em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, resolveram inovar na embalagem da maconha comercializada por eles.

Nas trouxinhas de maconha aparece a foto da personagem 'Bibi Perigosa', uma nova jogada de 'marketing' dos traficantes, que vêm aproveitando o sucesso da novela 'A Força do Querer' [VIDEO] para aumentar os lucros.

Você acha que a novela está incentivando a criminalidade? Deixe a sua opinião nos comentários; ela engrandece nosso trabalho. #A Força do Querer #Polícia