A sétima temporada de #Game of Thrones já está no quarto episódio. Em "The Spoils of War", #Daenerys partiu para o ataque e igualou a disputa - que até então estava perdendo - na guerra contra Cersei. Perder a frota Greyjoy e com os Imaculados praticamente presos em Casterly Rock, foi a gota d'água para Daenerys que assumiu estar perdendo a guerra, mas não por muito tempo e lá foi a mãe dos dragões, montada em Drogon junto com os Dothraki massacrou o exército Lannister [VIDEO].

Separamos quatro detalhes importantes desse episódio que você pode não ter percebido. Detalhes esses que nos dão pistas para possíveis acontecimentos futuros.

Publicidade
Publicidade

Acompanhe conosco os detalhes mais importantes de "The Spoils of War":

1 - Davos insiste em mais informações sobre a origem de Missandei

Em "The Queen's Justice", terceiro episódio dessa temporada, Jon Snow vai até Pedra do Dragão para ver Daenerys Targaryen. Lá que Davos conhece Missandei, perguntando de onde ela é, pois não conheceu seu sotaque. Ela diz que é Naath, mas Davos pareceu não acreditar muito. No atual episódio, em "The Spoils of War", Davos novamente conversa com Missandei dessa vez com Jon. E o interrogatório é notório. Ele chega a perguntar como ela foi parar ao lado de Daenerys. A insistência de Davos em saber mais sobre Missandei não pode ser aleatória nem por curiosidade. Ele sentiu alguma coisa deu errado com ela.

2 - Para o Jaime não ter morrido pode haver mais coisas do que pensamos

Após tentar enfiar uma lança em Daenerys - loucura total, ele é quase morto por Drogon.

Publicidade

Se não fosse por Bronn que o empurrou para dentro da praia, salvando sua vida. Mas por que o Jaime não morreu? Afinal, só temos mais nove episódios para o fim da série e sabemos que Game of Thrones não economiza personagens.

Existe a profecia do Valonqar que foi mostrada na série no primeiro episódio da quinta temporada para Cersei. Uma parte que não apareceu nessa cena, mas sim nos livros. Maggy, profetizou: “quando te afogares com suas próprias lágrimas, o valonqar colocará as mãos em sua pálida garganta branca e a estrangulará até levar sua vida.” As lágrimas fazem referência a Cersei estar perdendo sua sanidade - que se mostra possível. Valonqar é Alto Variliano para "irmão mais novo", sendo assim colocando o anão e o Regicida como prováveis candidatos a esse papel. É notável o ódio que Cersei mantém de Tyrion, pode até ser por ela acha que é dele de quem a teoria diz. Mas Jaime pode ser o valonqar. Ele nasceu segundos após Cersei, ou seja, ele é mais novo que ela.

3 - Indícios de que Mindinho não irá durar muito tempo

Numa conversa com Bran, ele tenta se mostrar "amigo" do, agora, Corvo de Três Olhos.

Publicidade

Mas em uma frase épica, interrompendo a fala de Mindinha, Bran fala: "O caos é a escada". O interesse de Mindinho baseia-se em destruir os Starks. Bran está praticamente a três episódios sem "fazer nada" relevante porque tudo indica que quando chegar a hora, o momento será surpreendente.

Teorias indicam que ele tentará colocar os irmãos uns contra os outros; será quando Bran vai desmascará-lo. Daí, quando Sansa irá ordenar sua morte. Tudo indica que Arya o matará.

4 - Daenerys insinua sobre Tyrion estar ajudando a sua "família"

No final da primeira temporada da série, quando Daenerys estava na Casa dos Imortais, enquanto teve a visão com Khal Drogo e o seu filho que não nasceu foi dito uma profecia: "Três traições conhecerá, uma vez por sangue, uma vez por outro e uma vez por amor." Duas das três traições ocorreram, falta a traição por sangue. Alguns dizem que a traição por sangue foi com seu irmão Viserys, porém seu irmão morreu antes disso acontecer e a teoria não é retrógrada.

Daenerys insinuando para Tyrion que os conselhos de batalhas dele poderiam estar complicando ela, afinal, do outro lado tinha a família dele, mostra que ela está ciente de que alguém pode estar traindo ela [VIDEO].

E você, o que achou sobre o episódio? #Seriados