A novela 'A Força do Querer' está tendo grande audiência no horário das nove da Rede Globo de Televisão [VIDEO]. O folhetim assinado por Glória Perez tem diversas histórias importantes e que chamam a atenção do público. De acordo com informações do jornalista Léo Dias, do jornal 'O Dia' e do 'Fofocalizando', do SBT, Irene (Débora Falabella) vai ficar grávida. O "bebê diabo" da moça vai servir para ela atazanar ainda mais a vida de Eugênio (Dan Stulbach).

Irene terá engravida de Eugênio, em "A Força do Querer"

A virada na novela está prevista para acontecer apenas no capítulo 148. Segundo Léo, Glória sequer teria escrito o capítulo esperado.

Publicidade
Publicidade

A expectativa é que essa sequência vá apenas ao ar no mês de setembro. Irene vai usar a criança contra o companheiro e tentará fazer com que ele largue Joyce (Maria Fernanda Cândido) por conta do bebê. Muita gente acha que a megera não está grávida, mas, dessa vez, a gravidez não é uma farsa. Ela transformará a criança em um ato diabólico contra o ex-amante e promete aterrorizá-lo, caso Eugênio a largue.

Glória Perez se inspira em mulher que fingiu bebê por um ano para se vingar do ex para nova história de Irene

A autora da novela das nove apenas ainda não informou se Irene vai ter o filho mesmo ou se vai acabar tendo um aborto. É bom lembrar que, nos últimos capítulos, ela chegou a desmaiar, causando um tremendo susto em Eugênio e Caio (Rodrigo Lombardi). A virada na história de Irene tem inspiração na vida real.

Publicidade

Há poucos dias, a autora global leu a história de um motorista que foi chantageado pela ex-mulher durante um ano. Ela fingiu que tinha um bebê dele e enganou até mesmo a justiça.

Irene deve perder o bebê e fingir que tem criança que nem história real em 'A Força do Querer'

Glória Perez leu a história de Pâmela Ribeiro. Após se separar do companheiro, Victor Guerino, ela fingiu que estava grávida dele durante um ano. Ela acabou forjando a gravidez e também o nascimento da criança, apenas para conseguir um pensão de Victor, que enfrenta um câncer na coluna. O bebê, que chegou a ter uma festa de um ano, nunca existiu. O suposto pai da criança que nunca existiu conta que sua saúde ficou ainda mais fragilizada pela falta de explicações da ex.

Para fazer a história de Irene ficar parecida, Glória deve escrever um aborto do bebê. Irene deve então fingir que teve a criança apenas para ter uma pensão de Eugênio, que a essa altura estará com Joyce.

Deixe seu comentário. #A Força do Querer #Novelas