Chad Stahelski, (ex-dublê e atual dublê de diretor de cinema) declarou ao site britânico “Independent”, que irá ter uma terceira parte da saga de John Wick, o assassino aposentado que volta à ativa no filme De Volta ao Jogo, (John Wick no original) e retornou em John Wick - Um Novo Dia Para Matar, (John Wick Chapter 2, título original em inglês).

Stahelski, também está trabalhando no reboot de Highlander, a série de filmes protagonizada por Christopher Lambert.

Com essa cinessérie protagonizada por Keanu Reeves, Stahelski mostra que é um diretor que não pretende se levar a sério ao flertar com o filão de filmes de ação B, mas por outro lado fica evidente em seu trabalho que ele não tem a manha de não ser levado a sério e fazer um produto que é pura curtição, coisa que McG, por exemplo, sabe fazer muito bem.

Publicidade
Publicidade

Chad Stahelsky mostra que é algo que fica no meio do caminho entre McG e Michael Bay.

Uma das coisas mais curiosas de John Wick, é a escalação de Keanu Reeves para o papel principal, ator de parcos recursos dramáticos, o intérprete de Neo parece ser sempre ele mesmo seja em qualquer tipo de papel que vá interpretar, seja um samurai; médico; ou assassino aposentado. Mas Keanu Reeves, por incrível que pareça, não é o problema dessa produção, pois o ator é canastrão mais querido de Hollywood, e qualquer coisa que ele faz é perdoada pelo público.

A confirmação de uma terceira aventura de John Wick só mostra o quanto o cinema de ação feito nos Estados Unidos está em uma encruzilhada. Sem vislumbrar nada que indique o surgimento de um novo personagem carismático como Jason Bourne, Hollywood vive de reciclar franquias de sucesso do passado, como é o exemplo deste novo Highlander; a tentativa patética de ressuscitar a franquia Robocop, e mais recentemente a série de filmes "Jack Reacher" protagonizada pelo eterno Tom Cruise.

Publicidade

Também pode ser vista a dificuldade de achar um ator o gênero filmes de ação, (Jason Statham não conta, pois nunca se levou a sério), atualmente todos os atores que protagonizam este tipo de filme são veteranos como é o caso do eterno Tom Cruise (55 anos); Liam Neeson (65 anos) e o próprio Matt Damon, o mais jovem com 46 anos. Uma tentativa de por caras novas em filmes de ação foi feita com a substituição de Matt Damon na franquia Bourne por Jeremy Renner, que apesar de ter a mesma idade de Damon, seria a aposta em um rosto menos conhecido, mas todos sabem no que deu isso. #matrix #keanureeves #johnwick