A morte de #Cristiano Araújo, tão novo e com uma carreira tão promissora, abalou todo o Brasil. Até quem não conhecia muito bem o cantor se emocionou com a notícia do acidente de carro em Goiás, que vitimou o cantor e sua namorada, Alana. Em pleno auge, Cristiano Araújo fazia mais de 20 shows por mês e no retorno de um desses eventos, o motorista do veículo perdeu o controle do veículo, que capotou. O cantor chegou a ser removido para Goiânia, mas, ao chegar, já estava morto.

Nos últimos dias, uma decisão da Justiça voltou a mexer com muitos dos fãs do cantor. A Justiça liberou a exibição do polêmico vídeo da necropsia do famoso e causou revolta de muitos.

Publicidade
Publicidade

Decisão da Justiça libera o Facebook a exibiu a necropsia do cantor Cristiano Araújo e causa revolta

Assim que o acidente que envolveu Cristiano Araújo e Alana [VIDEO], na BR-153, foi noticiado, as orações de fãs se tornaram mais intensas. Ninguém queria perder seu ídolo. Horas depois, com a morte confirmada, a comoção tomou conta do Brasil. Todos os procedimentos, a partir de então, começaram a ser adotados, para que se liberasse o corpo rapidamente para que ele recebesse o último adeus de quem o admirava.

O corpo foi enviado para necropsia com intuito de identificar a causa da morte e emitir o laudo de óbito, mas algo aconteceu neste momento. Legistas filmaram o procedimento de análise dos órgãos internos do cantor e as imagens rapidamente foram cair na internet. Revoltados, os familiares do cantor decidiram interpelar a Justiça e pedir que a exibição do vídeo fosse proibida imediatamente.

Publicidade

A família considerou que o corpo de Cristiano Araújo estava sendo vilipendiado [VIDEO], o que no Brasil é crime.

Em uma medida liminar, a Justiça permitiu que o vídeo fosse suspenso da internet. O #Facebook recorreu da decisão e mais de um ano depois da publicação do vídeo, o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) definiu que o vídeo pode voltar a ser exibido. Na visão da Justiça, não permitir a exibição seria um ato de censura, que há muito foi abolida do país.

Facebook vai manter o vídeo de Cristiano Araújo publicado

O Facebook vai acatar a decisão judicial, mesmo sendo muito polêmica e vai manter o vídeo publicado e a possibilidade de ser compartilhado. O processo na Justiça abrangeu, inclusive, o WhatsApp, e na decisão liminar a Justiça determinava que nem mesmo no aplicativo de troca de mensagens o vídeo poderia circular. O Facebook [VIDEO]conseguiu comprovar que não é possível controlar este tipo de conteúdo.

A família do cantor lutava desde 2015 para que o vídeo não fosse mais exibido. #vídeo da necrópsia