Hermano Henning foi dispensado para que #Dudu Camargo pudesse assumir o comando do jornalismo do SBT nas manhãs, mas a verdade é que o apresentador sente que os seus direitos trabalhistas não foram respeitados. Tal como informa o site “R7”, que cita informações do colunista Leo Dias, o famoso apresentador, que esteve cerca de 23 anos na emissora, avançou oficialmente com um #processo trabalhista contra o SBT.

Ele afirma que busca os seus direitos trabalhistas pelas décadas que trabalhou na mesma empresa, que não teriam sido respeitados, nem pagos. Rapidamente, devido a sua enorme experiência, Hermano hoje é diretor da TV Câmara, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Publicidade
Publicidade

De fato, principalmente nos últimos anos, motivado pela enorme crise política e financeira que o país atravessa, fazendo com que as empresas não tenham tanto dinheiro para investir pesado nas suas propagandas para a televisão, o SBT, mas também a Globo, sentiram a necessidade de demitir muitos dos seus funcionários mais velhos e eliminar os grandes contratos de exclusividade que eles normalmente faziam, tentando ao máximo reduzir seus custos e modificar radicalmente a sua grade.

Foi precisamente isso que Silvio Santos, juntamente com outros responsáveis pela emissora, tentou fazer quando substituiu Hermano Henning, que com certeza estava ganhando um salário muito alto, para lançarem um adolescente, o sempre polêmico Dudu Camargo, sem grande experiência no programa jornalístico chamado “Primeiro Impacto”, para não ter que pagar tanto de salário e poder inovar um pouco a sua grade.

Publicidade

Porém, o próprio Hermano não gostou nada do que aconteceu com sua #Demissão, estando, por isso mesmo, lutando para [VIDEO] conseguir receber o dinheiro que ele pensa que merece, nem que para isso tenha que processar judicialmente a emissora que fez com que ele conseguir chegar a um elevado nível de popularidade e sucesso, como garante o site “R7”.

Nas redes sociais, vários internautas, sobretudo telespectadores das grandes emissoras da televisão brasileira, como são a Globo, o SBT e a Record, consideram que vários profissionais, principalmente aqueles que conseguiram provar todo o seu valor durante os últimos anos, estão sendo bastante prejudicados com os ajustes que se estão fazendo.

Eles acusam que, muitas vezes, essas decisões são completamente injustas. Vale a pena recordar que a tensão parece ser tão elevada que vários órgãos de comunicação [VIDEO]garantem que nos bastidores do SBT se vivem momentos de pânico, pois muitos funcionários não têm segurança nenhuma no seu trabalho, temendo que, mais tarde ou mais cedo, também eles possam ser dispensados.