Publicidade
Publicidade

Nesta terça-feira à noite (1º), o cirurgião plástico #Marcos Harter, que participou do Big Brother Brasil 2017, foi o convidado da noite do apresentador Fábio Porchat, em seu programa na RecordTV. O médico fez algumas revelações e contou que ficou sabendo que a sua ex-namorada e campeã do reality show, Emilly Araújo, teria agido com falsidade quando a notícia de que o médico seria expulso do programa.

Para Harter, a gaúcha ‘’chorou seco’’, ou seja, fingiu estar triste com a saída dele da disputa, que foi decidida pela direção da Rede Globo de Televisão depois que o cirurgião foi acusado de agredir a gaúcha, a encurralando na parede.

Publicidade

“O que tive com a Emilly foi verdadeiro. Mas teve um momento em que o dinheiro falou mais alto”, afirmou Marcos Harter.

Ele disse que chegou um momento na disputa, já próximo do final do programa, que a gaúcha passou a ‘’esquecer’’ o sentimento que ela supostamente tinha por ele e, naquele momento, Emilly se voltou mais o prêmio milionário, tendo deixado uma possível continuação de relacionamento amoroso com ele, fora da casa, de lado. O cirurgião diz que tem essa opinião, mas ressaltou também que o que sentiu pela gaúcha foi verdadeiro e nunca esqueceu disso.

“Foi uma experiência boa, mas é traumatizante. Foi construtivo para mim.”, disse Marcos. Na conversa durante o ‘’Programa do Porchat’’, ele também lembrou que não ficou claro o motivo pelo qual a Globo o expulsou da disputa, porque, segundo o médico, ele também deixou o programa ‘‘com marcas de unhas’’ em seus braços cometidas, supostamente, pela própria Emilly.

Publicidade

Naquele momento, além de ser expulso do reality da emissora, o cirurgião também, após o programa, teve que ir até uma delegacia do Rio de Janeiro prestar depoimento sobre as imagens onde ele aparecia puxando o braço da gaúcha e a colocando contra a parede.

O Ministério Público, inclusive, abriu um processo contra Marcos Harter, enquadrando-o na Lei Maria da Penha. Também chamada a prestar depoimento em uma delegacia do Rio de Janeiro sobre as agressões que teria sofrido, Emilly foi vista entrando no recinto ao lado de advogado e sob o olhar das câmeras.

Tempos depois, a gaúcha finalmente veio a público falar sobre o caso e dizer para os fãs que não guarda nenhum tipo de mágoa com relação ao seu ex-namorado. Ela, inclusive, contou que não queria causar nenhum tipo de prejuízo a Marcos Harter e teria encaminhado na delegacia para que tudo acabasse e ninguém sofresse punição.

Marcos também fez posts nas redes sociais e comentou sobre o seu relacionamento com a gaúcha. Em um desses textos, ele deixou claro que do fim do BBB17 em diante não haveria possibilidade de ele e Emilly retomarem o relacionamento amoroso. #Emilly Araújo #BBB Big Brother Brasil