Na manhã desta sexta-feira (4), morreu o cantor e #compositor Luiz Melodia, de 66 anos, no Rio de Janeiro (RJ). O compositor lutava contra um câncer na medula óssea, mas não resistiu. Ele estava realizando fisioterapia desde o dia 25 de junho e lutava contra um tipo de câncer conhecido como mieloma múltiplo, que atinge diretamente as células produtoras de sangue na medula óssea.

O músico era conhecido pelo seu jeito espontâneo de misturar vários ritmos em uma só obra. Como compositor ele escreveu sucessos muito conhecidos, como ‘’Pérola Negra’’, ‘’Juventude Transviada’’ e ‘’Codinome Beija-Flor’’.

O cantor, compositor e músico Luiz Carlos dos Santos, o nome verdadeiro do artista, estava com 66 anos.

Publicidade
Publicidade

O falecimento ocorreu às 5 horas da madrugada. O portal de notícias G1 entrou em contato com um dos guitarristas que trabalhava com o cantor, que falou sobre o estado de saúde de Luiz Melodia.

O músico disse que o cantor até chegou recentemente a fazer um transplante de medula óssea. O procedimento correu com sucesso, mas o artista não estava respondendo bem a quimioterapia. Luiz Melodia foi, então, internado no dia 28 de março no Hospital Quinta D’or, localizado na Zona Norte do Rio de Janeiro, para fazer sessões de quimioterapia.

Segundo o prontuário médico, o cantor e compositor havia tido uma baixa glicêmica e acidez sanguínea depois de iniciar a quimioterapia. Por isso, permaneceu internado durante algum tempo no CTI (Centro de Terapia Intensiva). A escola de #Samba Estácio de Sá, onde o músico trabalhava atualmente, se reuniu após a notícia, para organizar como será a movimentação do dia na escola, pois a família esta avaliando a possibilidade de realizar o velório na quadra do local.

Publicidade

Carreira

Luiz Melodia era carioca e nasceu no Morro de São Carlos, que se localiza na região central do Rio. Era filho único e começou sua história com a música depois de ver seu pai tocando por passatempo em casa. O cantor começou a compor sucessos desde muito jovem. Largou a escola quando cursava o Ensino Médio para compor músicas para bandas famosas da Jovem Guarda e Bossa Nova.

“Pérola Negra”, um dos primeiros grandes sucessos do cantor, foi lançada em 1972. A música foi um completo sucesso na voz de Gal Costa. Em 1980, o Luiz Melodia passou pelo auge do sucesso depois que participou de concursos de músicas na França e na Suíça. Em 2004, participou, com a faixa "Ébano", de um festival de música da Rede Globo e foi um dos finalistas.

Ao todo, o cantor gravou 16 discos. Sua mais recente obra foi gravada em 2017 e foi batizada de "Zerima". O disco veio depois de 13 anos sem o cantor gravar uma faixa inédita e tem participação da cantora Céu. #riodejaneiro