Publicidade
Publicidade

Priscila Pires ficou conhecida em todo o Brasil por ter participado do ‘’#Big Brother Brasil’’. A ex-#BBB usou sua conta na internet para falar sobre um assunto polêmico, um processo contra o atual namorado dela, João Reis. O rapaz era acusado de estuprar os dois filhos de Priscila.

Ela sempre negou os abusos sexuais envolvendo as crianças. Segundo Priscila Pires, que gravou um vídeo sobre o caso em março e depois apagou, a acusação teria partido de Bruno Andrade, ex-companheiro da mulher que ficou conhecida no reality show da Globo e também pai dos meninos.

Ex-BBB Priscila Pires comemora arquivamento de processo do namorado, acusado de abuso sexual contra filhos dela

Em seu Instagram, Priscilla disse que nunca teve dúvidas de que conseguiria ter essa vitória e que foi muito difícil passar por tudo isso.

Publicidade

Ela comemorou o fato de João ter o processo contra ele arquivado e disse que o namorado é inocente.

A ex-sister ainda fez questão de divulgar na internet uma imagem em que aparece ao lado do namorado com as duas crianças. A divulgação da foto dividiu fãs e muitos disseram que ela estava expondo os meninos, mesmo até que Reis realmente seja inocente das acusações.

João Reis, namorado de Priscila Pires, foi acusado de estuprar filhos da ex-BBB

O desenrolar do caso foi dado em algumas reportagens do jornalista Léo Dias, do jornal ‘’O Dia’’ e do ‘’Fofocalizando’’, do SBT, e também pela revista Quem. A revista diz que o processo correu em segredo de Justiça e que o juiz decidiu arquivar a situação por não existirem provas suficientes contra o namorado de Priscilla.

O juiz que assinou a sentença, que não pode ter o nome revelado por se tratar de segredo de Justiça, disse que não daria qualquer ação penal por falta de provas em relação à denúncia.

Publicidade

Ele contou ainda que também não tinham elementos suficientes para que o caso seja considerado abuso contra os menores.

'Estou muito feliz', diz Priscila Pires ao comemorar 'inocência' do namorado em acusação de abuso sexual

Em um vídeo publicado mais cedo e, posteriormente, apagado, Priscila disse que estava muito feliz com a decisão e que foi muito difícil para as famílias passar por tudo isso.

"Fomos julgados e condenados por uma atitude covarde e criminosa", disse ela, que ainda garantiu que uma acusação pode acabar com a vida de uma pessoa inocente. O ex-companheiro de Priscila Pires não comentou a decisão. O caso teve grande repercussão nas redes sociais.