O Padre Fábio de Melo é um dos principais nomes da igreja católica no Brasil. O religioso encanta multidões, mas, nos últimos tempos, tem causado grande preocupação em quem acompanha o seu trabalho. Fábio revelou recentemente ter uma doença grave, a Síndrome do Pânico. [VIDEO] O religioso ainda fez questão de falar mais sobre o assunto em uma mensagem publicada nessa sexta-feira (11), em seu Instagram, surpreendendo muita gente.

Padre Fábio diz que teve problemas graves em sua família

No ano passado, uma irmã de Fábio se suicidou, o que por si só já levaria muita tristeza para qualquer pessoa. Ele ainda disse que estava escrevendo o post para que todos soubessem o que realmente aconteceu e o que está passando nesse momento tão complicado da vida.

Publicidade
Publicidade

Desde o suicídio da irmã, segundo Melo, ele nem dorme direito. O pároco diz que

Fábio de Melo revela que enfrenta a maior tristeza de toda a sua vida: 'Estou em pânico'

O religioso contou que essa tristeza por conta dos problemas familiares fez com que ele desenvolvesse a síndrome do pânico. Há 20 dias, ele teve os sintomas da doença, mas, segundo o religioso, isso tinha acontecido também há cerca de dois anos. Na época, ele disse que superou a doença muito rapidamente no passado mas que, dessa vez, ele viveu a maior tristeza de sua vida, ficando trancado em casa por mais de uma semana.

'Sensação de morte', diz Padre Fábio de Melo, que está com a síndrome do pânico

A dor causada por essa síndrome de fundo psicológico, segundo o religioso, pode ser comparada à morte. Ele diz que nunca teve tanto medo e tristeza.

Publicidade

Em seguida, Fábio conta que também nunca chorou tanto em sua vida e que, por isso, procurou ajuda médica. Ele contou que foi atrás do seu médico de confiança, Victor Sorrentino, que recomendou ao religioso que fosse atrás de um bom psiquiatra para tentar vencer a doença mental.

Fábio de Melo diz que tenta ficar perto dos amigos em meio à síndrome do pânico

O religioso católico diz que tem conseguido fazer todos os seus compromissos e que também tem uma rotina que hoje permite ficar próximo às pessoas que ele ama. O líder católico garante que hoje está melhor e que agradece o carinho de todas as pessoas que o ajudaram nesses instantes difíceis. "Quando estiver mais inteiro eu falarei mais sobre o assunto, pois sei que minha partilha poderá ajudar os que enfrentam o mesmo problema que eu", disse o #Padre, que mais uma vez demonstrou estar preocupado com o próximo. #fabio de melo