Publicidade
Publicidade

Uma das figuras mais queridas da atualidade é o famoso [VIDEO] #Padre Fábio de Melo. Sempre muito divertido, criativo e versátil, arrasta milhares de seguidores em suas contas nas redes sociais.

Esse sucesso com o público não se deve apenas por questões religiosas, mesmo porque ele foge completamente do estereótipo dos padres convencionais. Fábio sempre se mostra bem-humorado e irreverente em suas postagens. Mas parece que nem tudo é assim o tempo todo.

Na tarde desta sexta-feira, (11), o site da revista “Pure People”, publicou uma reportagem onde o padre revela que sofre de um mal que tem acometido muitas pessoas, a síndrome do Pânico.

Publicidade

Ele próprio compartilhou seu problema em seu #Instagram.

De acordo com a publicação, não é a primeira vez que Fábio tem essa crise, mas, segundo ele próprio, desta vez, foi mais forte. O religioso contou que permaneceu por uma semana recluso em sua casa, com muita ansiedade, tristeza profunda e medo intenso de tudo.

“Nunca em minha vida chorei tanto”, declarou o padre. Ele conta também que está fazendo tratamento psiquiátrico e que sente que o uso de medicação melhorou consideravelmente sua situação.

Ele disse que essa última crise se desencadeou quando ele teve um grave problema pessoal há cerca de dois meses e de lá para cá os sintomas vem se agravando, embora ele já tenha o diagnóstico da síndrome do pânico há mais de dois anos, mas que na época ele superou com facilidade.

Fábio de Melo diz que agora se sente bem melhor, embora ainda não se sinta curado por inteiro.

Publicidade

Ele destaca também que o tratamento, a agenda mais leve que adotou e o convívio com familiares, amigos e pessoas que ama estão o ajudando a superar o problema, pois ele vinha se sentindo muito exigido pela carga intensa de trabalho.

Algo que grande parte das pessoas que o seguem nem poderia imaginar, já que ele parece sempre tão alegre e não foge das piadas de amigos como o jornalista Evaristo Costa e cantor Lucas Lucco, que vivem trocando indiretas de brincadeira com ele.

O padre ressaltou que, assim que se sentir recuperado por inteiro, irá compartilhar toda sua experiência com a doença com seu público e vê isso como uma forma de ajudar milhares de pessoas que sofrem [VIDEO]do mesmo mal e muitas vezes não compreendem o que acontece com elas. Com isso, acabam se afundando na depressão, que em um número cada vez mais crescente de casos, tem chegado ao suicídio.

O padre agradece o carinho do público e da imprensa neste momento delicado que está vivendo. #fabio de melo