A cantora Perlla é um dos principais nomes do mundo dos #Famosos. Recentemente, ela deu o que falar quando anunciou que voltaria ao mundo do funk, após uma temporada sendo cantora gospel. A atitude da profissional da música foi vista de maneira inusitada.

A cantora sempre foi conhecida pelo seu rebolado, mas chegou a abandonar totalmente o funk [VIDEO] e adotou uma postura conservadora, bem diferente do que é visto no mundo do batidão. Agora ela usa roupas curtas novamente e faz de tudo para voltar a chamar a atenção da mídia. O problema é que isso tem desagradado sua igreja.

Cantora Perlla é vetada em igreja evangélica após cantar em roda de samba

De acordo com informações do jornal Extra, do Rio de Janeiro, em reportagem publicada nesta terça-feira (1), a funkeira teria ido se apresentar em um congresso voltado ao público jovem na igreja evangélica Missão Vida, mas foi proibida de cantar por um dos líderes da congregação.

Publicidade
Publicidade

O pastor Otoni de Paula não está gostando nadinha da profissional da mídia estar dividindo o seu canto a Deus e ao mundo.

Ela teria cometido o que é visto como "pecado" para a igreja e cantou até mesmo em uma roda de samba. Sabendo disso, Otoni de Paula proibiu que Perlla aparecesse no palco de sua igreja.

'Tenho compromisso com o rebanho do senhor', diz pastor que vetou Perlla em igreja evangélica

Muitos fãs criticaram a atitude do pastor evangélico. No entanto, o líder religioso decidiu se defender e explicou porque não quer a funkeira se apresentando para o público jovem de sua igreja.

Ele disse que estava comunicando a suspensão de Perlla ao saber que ela estava indo a rodas de samba e de pagode e que como pastor tinha compromisso com o rebanho do todo poderoso.

Pastor confirma que Perlla não pode cantar em igreja por ir a pagode e samba

O líder evangélico disse que o congresso com os seus adolescentes aconteceria com ou sem a participação da funkeira.

Publicidade

Além disso, ele confirmou que ela não poderia cantar na celebração, pois estava dividindo o seu tempo com a música mundana.

"Como poderei amanhã corrigir algum adolescente que participe de uma roda de pagode, se eu permitir uma cantora evangélica, que faz isso, subir no altar da igreja que sou pastor?", questiona pastor ao proibir Perlla de se apresentar na igreja.

'Ela não pode jorrar dois tipos de água', argumenta pastor ao falar sobre cantora Perlla

O líder religioso ainda disse que até respeita Perlla e o seu trabalho, mas que não dá para acreditar que ela possa jorrar da mesma água em duas fontes diferentes. #MundoGospel