Publicidade
Publicidade

Mais uma personalidade vem a mídia para quebrar o preconceito e discriminação. O boxeador Acelino #popó freitas resolveu abrir seu coração e falar sobre seu filho de 17 anos que há pouco tempo assumiu ser homossexual. [VIDEO]

O tetracampeão mundial declarou à apresentadora Daniela Albuquerque, no programa Sensacional, da Rede TV!, que soube lidar desde o princípio com a orientação sexual de seu filho. Popó disse que sempre o tratou de igual para igual e que não se igualaria a pais que colocam os filhos para fora de casa e os maltratam pelo fato de serem gays.

Para quem pensa que por ser lutador de boxe a pessoa tem que ser machista, está completamente enganado.

Publicidade

O ex-atleta fez questão de dizer que os pais devem criar os filhos como amigos, que é contra qualquer atitude machista.

Ele recordou ainda o momento em que o pai e filho conversaram e o rapaz afirmou que sentia atração por meninos [VIDEO]. Pouco tempo depois, ele foi surpreendido pelo jovem, que levou o namorado para apresentar a família.

Popó disse que foi alertado por irmãos e primos, que perceberam algo diferente com o jovem membro da família Freitas, mas que ele realmente não desconfiou de absolutamente nada até que o garoto resolveu se abrir.

A entrevista no programa Sensacional teve grande repercussão. Nas redes sociais, não faltaram palavras de apoio e elogio a uma das maiores personalidades do esporte brasileiro.

Mas esta não foi a primeira vez que Acelino Popó Freitas tocou neste assunto.

Publicidade

No dia 28 de junho deste ano, ele postou uma fotografia em seu Instagram onde havia um coração com as cores do arco-íris (símbolo da causa LGBT), e na legenda: “Meu filho é, e daí?” #respeito.”

Confira a imagem do símbolo da causa LGBT postado pelo pugilista:

Popó é lutador brasileiro, nascido no dia 21 de setembro de 1975, em Salvador, na Bahia. Aos 41 anos, ele revelou ter passado por muitas dificuldades até conseguir se destacar no pugilismo. De família muito humilde, ele já falou sobre sua história diversas vezes, incluindo que já passou fome e dormiu no chão.

A última vez que ele subiu em um ringue para uma luta de desafio profissional foi em agosto do ano de 2015, quando venceu por nocaute o argentino Mateo Veron. Com 42 lutas, Popó tem 40 vitórias, sendo 34 por nocautes. Entre suas lutas mais famosas, está uma com o lutador Zahir Raheem, em abril de 2006, onde o campeão conquistou seu quarto título.

Em 2015, o ex-atleta anunciou a aposentadoria, mas, no programa de Fábio Porchat, a RecordTV, no dia 2 passado, ele disse que fará uma última luta e também falou das coisas que o motivaram a vencer as lutas do início de carreira.

Confira trecho da entrevista:

#filho gay de popó #filho de popó assume ser gay