Publicidade
Publicidade

A empresa de mídia independente "Brasil Paralelo", está produzindo uma nova #série documental sobre a história do Brasil. De acordo com os produtores, já são mais de 30 entrevistados confirmados. A série terá 5 episódios e será distribuída gratuitamente através do site oficial da Brasil Paralelo - onde já se encontram alguns trailers e teasers sobre a série - bastando se inscrever com um e-mail para receber os episódios gratuitamente assim que forem lançados.

Entrevistados

Entre os entrevistados já confirmados para a série, estão alguns nomes que chamam bastante a atenção: o filósofo Olavo de Carvalho - autor da obra O Mínimo que Você Precisa Saber para não Ser um Idiota; o escritor Percival Puggina; o diretor do Instituto Liberal, Alexandre Borges; o mestre em ciências políticas e relações internacionais, Bruno Garshagen; o analista político Flavio Morgenstern; o economista Rodrigo Constantino; cientistas políticos como Bolívar Lamounier e Luiz Felipe Pondé; jornalistas como Carlos Marchi, Aristoteles Drummond e Leandro Narloch; além de membros da Família Real Brasileira, incluindo o príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança.

Publicidade

Heróis

A série também irá apresentar alguns personagens históricos como sendo 'heróis' da história brasileira. São sete os nomes já confirmados: José Bonifácio, por ter sido uma pessoa decisiva para a Independência do Brasil; Joaquim Nabuco, um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras e que lutou em favor dos escravos; Dom Pedro I, "O Rei Soldado"; Dom Pedro II, "o Magnânimo", visto como modelo de ideais; Irineu Evangelista de Sousa, o Visconde de Mauá, considerado pioneiro em várias áreas da economia do Brasil; Machado de Assis, considerado por muitos críticos, estudiosos, escritores e leitores um dos maiores senão o maior nome da literatura do Brasil; e Princesa Isabel, principal responsável pela abolição da escravatura no Brasil. Mais três nomes dos 'heróis' ainda serão confirmados.

Publicidade

O que é "Brasil Paralelo"

O projeto é caracterizado como uma iniciativa de mídia independente. A empresa propriamente dita foi fundada em 2016 por André Nabarros, Maria Ester Simas Borges, Bernardo Medina, Marildes de Souza e Isabel Marques. Mas atualmente já conta com uma comunidade de mais de 5 mil pessoas, de acordo com seu site oficial. A série de documentários "Congresso Brasil Paralelo" já teria sido vista por mais de 1.500.000 (um milhão e quinhentas mil) pessoas, segundo o site oficial. #Trailer