Publicidade
Publicidade

O cantor Cristiano Araújo foi um dos grandes nomes da música brasileira. Quis o destino que algo muito triste acontecesse em sua vida. Ao lado da então namorada, Alana, Cristiano sofreu um gravíssimo acidente em uma rodovia em Goiás. Ele e a namorada acabaram morrendo na hora. O falecimento virou comoção nacional e, até hoje, dois anos depois da tragédia, muita gente se lembra com saudades do cantor que moveu multidões. No entanto, nesta terça-feira (8), uma notícia envolvendo a morte de Cristiano não agradou todo mundo.

Tribunal decide que vídeo mostrando necrópsia do cantor Cristiano Araújo pode ser divulgado

O acidente de Cristiano aconteceu na BR-153 e não demorou muito para que fosse filmado por curiosos.

Publicidade

Até mesmo sua necrópsia foi filmada e liberada na internet. O Tribunal de Justiça de Goiás, segundo informações do site 'RD1 Audiência', decidiu liberar agora essas imagens na internet, provocando, é claro, enorme polêmica.

Vídeo que mostra cadáver de Cristiano Araújo não será censurado pela justiça

A justiça justificou a decisão, argumentando que não se pode fazer qualquer tipo de monitoramento prévio para publicações que são feitas na internet. Isso equivale, segundo o tribunal, à censura. No Brasil, a Constituição brasileira proíbe que seus cidadão sejam censurados, sob qualquer hipótese.

Facebook já tinha dito que não bloquearia vídeo de Cristiano Araújo com sua necrópsia

O Facebook pensa parecido com a Justiça. A rede social disse que não se pode bloquear nada através de redes sociais como o WhatsApp.

Publicidade

Lembrando que a companhia também é dona desta rede social. Quem tinha pedido para que os vídeos fossem retirados da rede social foi a família de #Cristiano Araújo, que ainda está muito fragilizada com a perda do ente querido de maneira tão trágica.

Família de Cristiano Araújo pede que vídeo que exibe o seu cadáver seja retirado do ar

A defesa da família do artista disse que houve um erro de interpretação na decisão. Isso porque existe uma forma de bloqueio, conhecida como 'Hash', que possibilita a rede social de mostrar ou não um conteúdo como esse ou de, pelo menos, avisar aos seus usuários sobre o que ele é.

Justiça já havia determinado que polêmico vídeo de Cristiano Araújo fosse retirado do ar

Em 2015, um juiz de Goiânia determinou que Google e Facebook retirassem o conteúdo do ar. Mas a ação foi extinta por falta de legitimidade. Agora, a decisão nova surpreendeu muita gente. #Famosos