Publicidade
Publicidade

A cantora #Ivete Sangalo ficou muito abalada e tensa com a tragédia que envolveu crianças na cidade de Janaúba, Minas Gerais. Um vigilante totalmente fora de si ateou fogo em uma creche e em várias crianças na manhã desta quinta-feira (05).

Ivete, que está grávida de gêmeos e sabe o grande amor da mãe pelos filhos, disse que não consegue imaginar a #dor que as famílias das vítimas estão sentindo.

Em uma declaração comovente, a cantora lamentou o nível de crueldade que existe no mundo e da falta de alegria de estar vivo. Como pode uma pessoa se matar e ainda levar tantos "anjinhos" desta vida. "Que loucura é essa?", pergunta a artista.

Publicidade

Ivete deixou uma mensagem para as mães ressaltando um grande lamento pela perda delas e uma enorme #Tristeza por tudo isso ter acontecido. Coisas banais que envolveram crianças inocentes e que ficaram nas mãos de um criminoso enlouquecido, sem controle.

A cantora comentou que se junta a todas as mães e à dor dessa cidade. Só Deus pode confortar o coração daqueles que ficaram chorando por seus filhos.

Nesse mesmo dia, Ivete foi presenteada com miniuniformes do time Vitória para suas filhas gêmeas.

Aterrorizante

No programa "Encontro" de Fátima Bernardes, desta quinta-feira (05), as apresentadoras Ana Furtado e Lair Rennó, que cobrem as férias de Fátima, foram interrompidas com um boletim especial do Jornal Hoje.

O jornalista informou a notícia trágica sobre as mortes das crianças e vários feridos e causou tristeza [VIDEO] no estúdio.

Publicidade

Um dos convidados do programa, Bruno Garcia, ficou comovido e aterrorizado com as mortes e se emocionou enquanto comentava sobre o assunto.

Outras celebridades que participavam do programa também ficaram abalados, como a atriz Débora Lamm, o repórter Curvello e o professor Pasquale Cipro Neto.

A pauta do programa acabou sendo deixada de lado e todos tentavam entender o que teria levado esse homem a se matar e tirar a vida de tantas crianças. É necessário uma compreensão maior para que essas tragédias não voltem a acontecer.

Tragédia

O responsável em atear fogo [VIDEO] foi o segurança da creche Damião Soares dos Santos, 50 anos. Ele trabalhava no local desde 2008.

Uma professora também está em estado gravíssimo. Ela teve todo o corpo queimado.

De acordo com informações da polícia, Damião guardava em sua casa vários galões com álcool, o que pode mostrar que ele já tinha a ideia de cometer o crime. Para o delegado, o motivo desse crime é "loucura", não existe uma outra explicação.

O funcionário estava em tratamento psiquiátrico desde 2014.