Publicidade
Publicidade

A atriz #Patrícia Pillar, que fez grande sucesso na TV Globo, teve uma atitude forte contra um internauta que começou a agredi-la verbalmente e ofendê-la através das redes sociais.

A loira entrou com um processo contra o internauta e depois postou um pedido de desculpas feito por ele, provavelmente por determinação da Justiça. Foi uma verdadeira lição de moral dada pela artista contra o ofensor [VIDEO].

No seu desabafo, Patricia mostrou o pedido de desculpas do rapaz e afirmou que isso só aconteceu depois que ela venceu o processo contra ele. A atriz lamentou ter que recorrer à Justiça em casos desse tipo, onde as pessoas não entendem que agressões dessa forma não levam a lugar nenhum.

Publicidade

Todos têm um pensamento e uma visão de algo e isso deve ser respeitado e tolerado.

No final da mensagem, ela deu um alerta com um tom "ameaçador". A loira disse que não vai tolerar esse tipo de ofensa caso alguém volte a tratá-la assim. Ela ressaltou que continuará dando suas opiniões e expondo seus pensamentos. Ela afirma acreditar na liberdade de expressão, no diálogo e no respeito mútuo.

Pedido de desculpas

Em seu pedido de desculpas, o rapaz, identificado como José Alberto, confessou que tratou Patrícia de uma forma totalmente errada e com desrespeito [VIDEO] e que sente muito por isso. Ele afirmou que a internet não foi feita para esses tipos de agressões e lamentou o corrido. As ofensas dele foram sido feitas em março de 2017.

José Alberto comentou que percebeu a besteira que fez ao estar frente a frente com a ofendida.

Publicidade

"Não gostei do que senti", disse ele.

Ele disse que agiu errado e fez ilações falsas contra ela. Depois, elogiou Patrícia dizendo que ela é uma pessoa doce e correta, mesmo ele tendo pensamentos diferentes dela. No final, ele ressalta mais uma vez o seu pedido de desculpas.

Outra polêmica

O autor de novelas da TV Globo, Aguinaldo Silva, também venceu um processo contra o programa "Pânico". Ele receberá o valor de R$ 100 mil de indenização por fazerem uma paródia envolvendo o autor.

A Justiça considerou a paródia feita de muito mal gosto. Era mais uma forma de humilhar os trabalhos feitos por Aguinaldo. O nome da paródia era "Aguinaldo Senta".

O autor se sentiu ofendido e teve a sua imagem manchada pelo programa. O processo foi envolto de danos morais contra sua pessoa.

Os humoristas Wellington Muniz, o Ceará, o ex-diretor Allan Rapp e o produtor Marcelo Picon, conhecido como Bolinha, também foram condenados pela elaboração do quadro. #Famosos