Publicidade
Publicidade

O ex-Dominó Ricardo Bueno morreu em São Paulo, aos 40 anos, por conta de uma infecção dentária.

Inspirado no grupo 'Menudo', uma boy band de Porto Rico, Gugu [VIDEO] teve uma grande ideia. Com auxílio de sua agência, a Promoart, o apresentador do 'Viva a Noite' decidiu montar a sua boy band, que seria totalmente nacional. Daí surgiu o grupo Dominó, que teve, em sua primeira formação, Affonso Nigro, Lenilson dos Santos (Nill), Marcos Roberto Quintela (Marcos) e Marcelo Henrique Rodrigues (Marcelo). Todos os garotos com idade entre 14 e 15 anos.

O grupo foi lançado no mesmo ano que o #Menudos, em 1984, e já no seu primeiro ano estourou com a música 'Companheiro', que ganhou até um videoclipe (que na época era algo muito raro) e foi exibido em programas como o Fantástico, da Globo.

Publicidade

Em 1992, Rodrigo Faro passou a fazer parte do grupo, sendo o representante mais famoso do grupo.

Ricardo Bueno acabou fazendo parte do grupo em sua segunda versão, em 1995, que desta vez se apresentava com os integrantes Rodrigo Phavanello, Héber Albêncio, Valmir e o próprio Ricardo. Eles lançaram o disco 'Provocante', que não fez, nem de perto, o mesmo sucessos dos discos anteriores

Ricardo acabou saindo do grupo e não vivenciou o sucesso da nova formação, que veio em 1997. O grupo voltou a fazer sucesso graças à canção "Baila, Baila Comigo". Esta formação era composta por Rodrigo Phavanello, Héber Albêncio, Rodriguinho e Cristiano Garcia.

Ricardo Bueno morre de infecção dentária

Muita gente pode nem dar tanta importância para uma simples infecção no dente. Mas o assunto pode ser muito mais sério do que se imagina.

Publicidade

Por exemplo, muitas pessoas acompanharam o drama que vive até hoje a socialite Renata Banhara [VIDEO], que sofre por conta do problema há cerca de um ano. Atualmente, ela ainda se recupera do problema e volta e meia precisa ser internada novamente por complicações da bactéria.

Ricardo não teve a mesma sorte. O integrante da segunda formação do Dominó acabou morrendo na manhã desta quinta-feira, 16, no Hospital Municipal Ermelino Matarazzo, na zona leste de São Paulo. O corpo já foi sepultado nesta sexta-feira, 17, sob comoção da família.

A Secretaria de Saúde de São Paulo revelou que o cantor tinha 40 anos e acabou sofrendo uma septicemia (infecção generalizada) causada por um problema odontológico.

O cantor estava ainda tentando a vida na música e, desde 2000, ele formava uma dupla sertaneja com seu irmão, Wander. A dupla fazia apenas pequenos shows.

#Dominó