Publicidade
Publicidade

Clara [VIDEO] (Bianca Bin) não precisará fazer muito esforço para arrasar, de vez, com a reputação de Samuel (Eriberto Leão). Após armar dois flagras e levar Adinéia (Ana Lúcia Torre) e Susy (Ellen Roche) ao hotel onde o médico mantinha encontros amorosos com Cido (Rafael Zulu), Clara incitará Susy a contar a todos tudo o que viu na fatídica noite em que se deparou com a homossexualidade do marido.

Inconformada com a situação, Susy inicialmente aceita não revelar nada a ninguém, após Samuel implorar que a ex não fale uma só palavra e dar a certeza de que pagará uma pensão generosa até o fim do seus dias. O diretor do hospital também promete tirar a enfermeira dos plantões noturnos.

Publicidade

Tudo vem por água abaixo, contudo, quando Susy conversa com Clara no intervalo do trabalho. Ela diz que sente raiva e vontade de explodir e Clara, aproveitando a situação, fala que Susy deve revelar a verdade para impedir que outras mulheres sejam enganadas, assim como ela foi.

Susy então não pensa duas vezes. E quando Samuel adentra o hospital e cumprimenta a ex, ela dispara, na frente de todos, que o marido sempre foi gay e que só casou com ela para ter uma fachada. Ela chama o ex-marido de tigresa e bilu-bilu e diz que o flagrou com outro homem usando batom, peruca e as calcinhas dela. "Esse ser vivia no armário e tem horror a gay", afirma Susy, ao relembrar que Samuel demitiu o doutor Mariani quando este revelou que era homossexual.

Sem saber onde enfiar a cara, Samuel vira assunto, não só do hospital, mas de toda a cidade.

Publicidade

No salão, o tema é pauta por semanas e, Adneia, envergonhada, recusa-se a sair de casa. Clara comemora o desfecho da situação e sente-se, finalmente, vingada das maldades que sofreu por parte do psiquiatra.

Flagra de Susy em Samuel dá recorde de audiência

A cena em que Susy se depara com o marido de peruca, batom e calcinha, fazendo uma apresentação particular para Cido, rendeu o maior índice de audiência na #Novela '#O Outro Lado do Paraíso'. Exibida em 11 de janeiro, a cena de 7 minutos deu, à Rede Globo, 42,5 pontos de audiência na Grande São Paulo, de acordo com informações do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope). Já no Rio de Janeiro, o percentual foi de 41 pontos. Até então, a cena que havia levado mais pessoas à telinha havia sido exibida em 14 de dezembro de 2017, quando Clara retornou para Palmas (TO) poderosa e rica, deixando Sophia (Marieta Severo), Lívia (Grazi Massafera) e as outras dondocas de Palmas boquiabertas. #Novelas