O ex-goleiro Pascal Olmeta, que defendeu clubes como Marselha e Lyon, nos últimos dias tornou-se notícia por fazer parte de um grupo de caçadores no Zimbábue. Entre as postagens de suas aventuras pelo país africanodestacam-se aquelas onde o ex-jogador aparece feliz ao lado de um elefante baleado na cabeça. Um vídeo com as imagens da caçada foipostado no site de uma ONG criada pelos filhos do ex-jogador.

Olmeta aparece no vídeo explicandoque o Zimbábue está com problemas relacionados à superpopulação de elefantes. Por conta disso as autoridades resolveram liberar acaça aos elefantes.

O vídeo, com trilha sonora, mostra o jogador acompanhado de um guia. Ambos aparecem armados de fuzis e miramem um elefante. Eles atiram.No decorrer das imagens o animal é visto caído no chão, onde agoniza de dor. Na sequência outro disparo é efetuado contra a cabeça do elefante.

A morte do animal vem acompanhada de risos. Eufóricos, os caçadores se exibem ao lado da carcaça e tiram fotos junto ao animal abatido. O vídeo teria sido gravado em 2011, durante uma viagem para África. As imagens foram publicadas em um site denominado "A Smile, A Hope For Life" ( "Um Sorriso, Uma Esperança Para a Vida", em português).

Entre os inúmero projetos administrados pela ONG está a construção de um centro de apoio para crianças deficientes na ilha de Córsega.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades

De acordo com Masha Kalinina, especialista em Políticas de Comércio Internacional e responsável pela ONG Humane Society International, o continente africano enfrenta uma crise de abate ilegal. Mais de 100 elefantes são mortos todos os dias, o que torna o ato de tirar a vida de um animal indefeso uma coisa revoltante, ainda mais quando se trata de uma espécie em extinção. Segundo Kalinina, o Zimbábue é considerado um dos países mais corruptos da África e não seria nenhuma surpresase, por acaso, Olmeta investisse parte do seu dinheiro no financiamento deuma grande caçada.

O ex-jogador rebateu as críticas, dizendo que resolveu abater o animal por conta da superpopulação de elefantes que o Zimbábue enfrentava quatro anos atrás. Além disso, estes animais são responsáveis por causarem grandes prejuízos às aldeias locais.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo