O filósofo alemão do século XIX Arthur Schopenhauer disse em certo momento de sua vida que “a compaixão pelos animais está intimamente ligada à bondade de caráter, e quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem”, o que sem sombra de dúvida é a mais pura verdade.

No que diz respeito à relação dos homens com os animais, como, por exemplo, os cães, um bom e um mau exemplo vem dos Estados Unidos. Infelizmente é de se lamentar as ações de pura crueldade que algumas pessoas submetem os animais, e foi exatamente isso o que aconteceu quando uma pequena #Cadela totalmente faminta foi lançada para fora de um carro em movimento, a fim de que pudesse morrer instantaneamente.

Violet, como foi chamada posteriormente, é uma mastim inglês, que na ocasião em que foi jogada para fora do carro como lixo e não como um ser vivo precioso. Estava extremamente debilitada pesando somente 27 quilos ou um terço do seu peso ideal e saudável para um animal de sua idade.

Entretanto, nem tudo estava perdido, pois algo de bom acabou acontecendo ao mesmo tempo em que Violet foi despejada na estrada do estado norte-americano de Maryland, uma vez que outro automóvel que vinha logo atrás tinha um bom samaritano ao volante.

Essa alma bondosa junto com as outras pessoas que estavam no interior do veículo socorreram e conduziram Violet ao Prince George’s County Animal Control, abrigo que presta todos os cuidados a animais debilitados e prestes a morrer.

Naquela hora, Debbie Gretz, uma das voluntárias presentes, assumiu imediatamente a responsabilidade de cuidar de Violet, já que ela tinha experiência em tratar de animais no passado, os quais foram submetidos à tortura da fome quase absoluta.

Os melhores vídeos do dia

A ação imediata que deveria ser feita com o animal que estava prestes a morrer era garantir que ganhasse peso rapidamente, a saber, no mínimo que engordasse de 35 a 40 kg para que pudesse assim, ter chances maiores de sobrevivência.

Debbie tratou de oferecer porções diárias de alimentação à cachorra inúmeras vezes ao dia, que, por sua vez, parecia agradecer todos os cuidados da protetora recostando a cabecinha no colo da mulher quando ela se sentava no sofá.

Enfim, nem todos os maus tratos e covardias aos quais Violet foi submetida fizeram com ela fosse menos doce, o que leva a real reflexão de quem é o animal irracional em toda essa história. Decorridos muitos meses após o resgate de Violet, hoje ela está pesando 62 quilos e vende saúde para todos que chegam perto dela.

Violet é o mais puro exemplo de superação, vivendo feliz com a sua nova família composta de pessoas que demonstram que ainda existe esperança para a humanidade.

Se o leitor também é um amante dos animais e protetor de qualquer forma de vida, compartilhe também essa maravilhosa experiência de amor e preservação com os seus familiares e amigos mais próximos! #Cães #EUA