Com o decorrer do tempo, o setor da indústria da construção civil ganhou destaque. O setor se tornou responsável por causar danos ambientais e, além disso, por gerar um grande volume de resíduos sólidos por ano. Para que continue se desenvolvendo sem causar tanto impacto, é necessário que adotar um modelo que vise diminuir esse impacto, pois quando o assunto é poluição ambiental, os resíduos gerados pelas construções são um dos grandes causadores desse problema.

Crescimento das cidades

Envolvido de forma conjunta com o crescimento das cidades, está incluso um processo construtivo que gera grande quantidade de resíduos sólidos.

Esse processo construtivo acontece em todo o mundo de forma contínua, pois as cidades estão sempre se desenvolvendo, seja de maneira rápida ou devagar, e mesmo em meio à uma crise, a indústria da construção civil está sempre atuando. O crescimento populacional é um dos fatores que incentivam esse aumento. Dentre os resíduos gerados na construção, encontra-se o entulho, seu nome científico chama-se RCD (resíduo de construção e demolição).

Agregado

Bem, o agregado chamado brita é extraído da natureza de forma intensa e frequente. De acordo com a Anepac (Associação Nacional de Entidades de Produtores de Agregados para a Construção Civil), "Em 14 anos, a demanda por agregados na construção civil partiu de 460 milhões de toneladas em 1997 para 673 milhões de toneladas em 2011". A tendência é que esse crescimento aumente cada vez mais.

Os melhores vídeos do dia

Segundo a diretora Diana Scillag, do CBSC, (Conselho Brasileiro de Construção Sustentável), o que é extraído da natureza não é totalmente consumido na construção civil. Análises indicam que, somando a alta atividade de extração com o que é desperdiçado e descartado de forma irregular, chegamos à conclusão que é digno o título que a indústria da construção civil adquiriu de poluidora ambiental.

Muitos pesquisadores testam métodos para reutilizar o entulho como agregado, assim como a brita. A Reutilização do RCD (Resíduo de construção e demolição) como agregado é uma proposta para diminuir significativamente o impacto causado, bem como o intenso consumo e extração dos mesmos. Scillag, do CBSC, ainda afirma que a reutilização ou reciclagem é uma prática que reduzirá o volume de extrações e beneficiará outros setores também, como o de energia, pois a extração exige certa quantidade dela. Ao buscar a Sustentabilidade, a indústria da construção civil terá benefícios, como por exemplo, uma obra econômica, algo que é almejado desde o começo da obra, e além de se tornar ainda mais amiga do meio ambiente, promovendo assim sua preservação.