O governador do estado da Carolina do Sul ordenou a evacuação obrigatória aos moradores e visitantes que deverão sair a partir do meio dia desta terça-feira(11). Em entrevista coletiva, o governador afirmou que as evacuações são inconvenientes, mas que não quer arriscar nenhuma vida. Destacou ainda que a evacuação não é voluntária, e sim obrigatória.

Os governos da Carolina do Norte, Virgínia e Maryland também estão se preparando para a chegada do furacão.

O furacão Florence foi classificado pelo Centro Nacional de Furacões como categoria 4, quando os ventos podem chegar até 240 km/h. A previsão é que a tempestade chegue ao continente na noite de quinta-feira, trazendo além dos fortes ventos o risco de grandes enchentes.

À espera de Florence

O presidente dos EUA, Donald Trump, aprovou as declarações de emergências e manteve contato com os governadores das duas Carolinas. Em seu Twitter, o presidente falou que a tempestade é muito perigosa e pede aos cidadãos que tomem todas as precauções necessárias.

Como parte dos preparativos para a chegada do furacão, a Marinha transferiu 30 navios que ficam baseados em Norfolk, na Virgínia, inclusive os porta-aviões USS George H. W. Bush e USS Abraham Lincoln. Além disso, cerca de 1.000 soldados da Guarda Nacional foram ativados nos estados da Carolina do Norte e Carolina do Sul para auxiliar nos possíveis problemas que a passagem do furacão possam provocar.

Enquanto isso, a população tem se preparado fazendo muros com sacos de areia para a contenção da água e tampando portas e janelas com tabuas de madeira. Nos supermercados, há registro de longas filas de moradores para comprar água, combustíveis e até mesmo geradores de energia.

Para que os produtores rurais possam se movimentar mais rapidamente, o governo do estado suspendeu a restrição de circulação de alguns caminhões.

Para alertar banhistas, foram colocadas bandeiras vermelhas nas praias para identificar os riscos de grandes ondas geradas pelo furacão.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Curiosidades Natureza

Perspectivas de inundações

Esse pode ser o primeiro furacão com categoria 4 a chegar no estado desde 1989. De acordo com os meteorologistas do Centro Nacional de Furacões, a possibilidade de Florence se tornar um furacão de categoria 5 é grande, uma vez que as águas do oceano Atlântico são mais quente.

Para especialistas, a preocupação é que Florence fique parado por dias ao tocar o solo, produzindo ondas gigantes e intensificando as inundações.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo