A criminalidade no Brasil está tomando uma proporção cada vez maior e assusta toda a população, que fica com a vida em jogo por causa dos criminosos que atacam de várias maneiras. Quando esses crimes ocorrem com pessoas que não têm como se defender, como as crianças e idosos, a sensação de impotência toma conta daquelas que estão sempre acompanhando tais atrocidades cometidas contra as pessoas vulneráveis.

Em vários casos, esses crimes ocorrem através de pessoas que têm convivência com as crianças. Quem deveria protegê-las, acaba cometendo crimes terríveis contra elas, como ocorreu com uma garota de 14 anos que foi estuprada pelo próprio pai por aproximadamente seis anos seguidos.

Menina é abusada sexualmente pelo próprio pai durante seis anos

Depois de vários anos sofrendo os abusos [VIDEO], a garota encontrou coragem para contar tudo o que tinha acontecido.

Foi nesta segunda-feira (16) que a garota tomou a iniciativa de denunciar o próprio pai. A adolescente contou tudo o que vinha acontecendo com ela para uma professora de sua escola. Esse crime bárbaro ocorreu em Bambuí, uma cidadezinha que fica localizada no interior de Minas Gerais.

Depois que a professora escutou a história triste da adolescente, tomou a iniciativa de acionar o Conselho Tutelar e a polícia da localidade, que foram rapidamente até a escola para ouvir o relato da jovem.

O criminoso não foi localizado pela polícia e se encontra foragido, depois da própria filha acusar o pai que abusava da jovem frequentemente.

Filha e mãe eram ameaçadas caso a jovem contasse sobre o abuso para alguém

A jovem não teve coragem de falar nada antes porque, além de ser estuprada, frequentemente era ameaçada pelo pai, um homem de 49 anos. O acusado falava para a filha que se ela contasse sobre o estupro, ele iria matá-la e também a sua mãe.

A garota ficou com muito medo e teve que guardar esse terrível sofrimento por longos seis anos, até que depois de vários Abusos, ela não aguentou e contou tudo. A adolescente chegou a falar que muitas vezes o pai abusou dela com seu irmão mais novo vendo tudo.

Pelo motivo de tantos abusos, a garota tentou se suicidar, fazendo vários cortes no braço. A jovem resolveu contar tudo para a professora achando que pelo motivo de sua mãe não estar em casa, salvaria ela.

Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante e nos ajuda a debater temas de relevância para a nossa sociedade