A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT, Correios,está sofrendo muito com a falta de profissionais e em função disso, umnovo edital de concurso público deve ser lançado ainda em 2015. Desde o anopassado que a expectativa era de que o certame fosse disponibilizado até junho,porém a assessoria de imprensa dos Correios já informou que não definiu datapara a publicação.

A assessoria de imprensa dos Correios já tinha divulgado quepara que o processo seletivo aconteça é necessário que haja discussões entre osrepresentantes sindicais e a empresa, na reunião do Sistema Nacional deNegociação Permanente, que estava prevista para acontecer no mês de maio.

Sendoassim, é bem provável que nos próximos meses sejam divulgadas novasinformações.

De acordo com Wagner Pinheiro de Oliveira, presidente dos Correios,o concurso não visará a contratação efetiva. A ideia é a contratação por umprazo previamente determinado para substituir a mão-de-obra temporária. Segundoele, a validade dos contratos podem variar entre um e cinco anos, dependendonas necessidades do órgão.

Não foram divulgadas as cidades em que oportunidades serão abertas, porém, o que se sabe é que o concurso dos Correios é essencial paracobrir a escassez de mão de obra, visto que muitas cidades sofrem com osatrasos na entrega de correspondências. A quantidade de Vagas também não foidivulgada, mas segundo o Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafosda região de Campinas, apenas naquela localidade é necessário 1.400 carteiros eoutros 600 funcionários para outras funções.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Vagas

A população começou a sentir a falta de trabalhadores dosCorreios quando o órgão foi impedido pela Justiça de renovar o contrato com osfuncionários terceirizados. Melhor que a terceirização é a realização doconcurso público, mas o certame não foi agilizado como deveria.

De acordo com Afonso Oliveira de Almeida, superintendente de RH dos Correios, na região de Campinas faltam 478 profissionais, ao contráriodos 2 mil que o sindicato alega.

Para ele, é necessário chegar a um acordo paraque o edital seja publicado.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo