A Anistia Internacional divulgou um relatório sobre a Violência nesta segunda-feira, 07 de setembro. Os números impressionam e de forma muito negativa. A Polícia do Brasil é a que mais mata no mundo. Já a polícia dos Estados Unidos é considerada uma das três polícias mais violentas no globo. Os números são trágicos e no Brasil o número de mortes pode ser comparado a países que estão em conflitos e em guerras.

Segundo a Globo News, o Brasil aparece no relatório com o maior número de homicídios no mundo inteiro. No ano de 2012, foram ao todo 56 mil assassinatos.

Publicidade
Publicidade

E já no ano passado, 2014, 15,6% dos homicídios foram praticados por policiais.

A Anistia Internacional fez o acompanhamento de 220 casos de mortes por policiais no Brasil desde o ano de 2011. Nesse período, apenas um policial foi acusado na Justiça. Assim como nos Estados Unidos, a maioria das pessoas mortas por policiais é homem e negro. No Rio de Janeiro, 99,5% eram homens e cerca de 80% eram negros. A principal faixa etária das mortes é de 15 a 29 anos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Mortes no Brasil

Em 2012, foram 56.337 mortes no Brasil, o maior número desde o ano de 1980. O total de mortes superou o de vítimas no conflito da Chechênia, que durou dois anos, de 1994 a 1996.

O índice é considerado epidêmico pela Organização Mundial da Saúde. O Brasil possui uma taxa de homicídios de 29 casos por 100 mil habitantes. Um número assustador. A maioria dos casos é registrados em grandes cidades. Os estados com mais mortes por assassinatos são: Alagoas (63,3 casos por 100 mil habitantes), Espírito Santo (47,3), Ceará (44,6), Goiás (44,3), Bahia (41,9), Sergipe (41,8), Pará (41,7) e Paraíba com 40,1 homicídios por 100 mil habitantes.

Publicidade

O estados mais tranquilos são Santa Catarina com 12,8 e São Paulo com 15,1. No Brasil a cada dez minutos uma pessoa é assassinada, segundo o Jornal El País. Na América Latina, os países mais violentos e perigosos são Honduras e a Venezuela, que vive uma ditadura. Na Venezuela, quem é contra o governo chavista corre sério risco de morte. A taxa de homicídios é de 53,7 por 100 mil habitantes (dados de 2013).

Leia mais:

Brasil está oficialmente em recessão: PIB cai 1,9% no segundo trimestre

Gabriel García Marquez foi espionado pelo FBI por mais de 20 anos

Igualdade: mulheres começarão a votar na Arábia Saudita

França vai bombardear o Estado Islâmico na Síria

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo